Massa bate Mercedes, crava a pole e põe fim a jejum de mais de cinco anos


Massa bate Mercedes, crava a pole e põe fim a jejum de mais de cinco anos
Com volta perfeita na Áustria, brasileiro faz primeira pole desde GP do Brasil de 2008. Bottas fecha surpreendente primeira fila da Williams. Hamilton erra e é 9º. Nico é 3º

Por Globo Esporte.com Spielberg, Áustria

Se na Copa do Mundo de futebol, grandes seleções têm sido surpreendidas por equipes consideradas menos fortes, na Fórmula 1 a história se repetiu neste sábado. A toda poderosa Mercedes, pole position em todas as corridas do ano até aqui, foi, enfim, desbancada, no treino classificatório para o GP da Áustria, que a TV Globo transmite neste domingo, às 8h35 (horário de Brasília). Se na prova anterior, Daniel Ricciardo, da RBR, triunfou graças a problemas com as “Flechas de Prata”, na qualificação deste sábado, o responsável por derrubar a equipe alemã foi Felipe Massa, a bordo de uma Williams que ainda não subiu ao pódio nas sete primeiras etapas. No remodelado circuito de Spielberg, o brasileiro emplacou uma volta espetacular nos segundos finais do Q3 (1m08s759) e assegurou a primeira posição no grid de largada (confira os melhores momentos no vídeo acima). Esta foi a 16ª pole de Massa na carreira. Mas a última vez que ele começou na ponta faz mais de cinco anos: foi no GP do Brasil de 2008 – aquele mesmo, em que foi campeão por alguns segundos. A última pole de um brasileiro na F-1 era de Rubens Barrichello, em 2009, também em Interlagos.

Nico Rosberg e Lewis Hamilton não foram capazes de fazer tempos melhores que o de Massa. O britânico errou feio e rodou, sequer marcando volta no Q3 e amargando o nono lugar, enquanto o alemão disse ter tirado o pé em razão da falha do parceiro, em uma irônica inversão de papéis com o episódio de Mônaco. Valtteri Bottas, que não tinha nada a ver com isso, também brilhou: ficou com o segundo lugar, completando a dobradinha da Williams e comprovando o bom desempenho do FW36 no circuito austríaco – mais cedo ele já dava indícios de que o time inglês poderia surpreender, ao ser o mais rápido no terceiro treino livre. A equipe não dominava uma primeira fila do grid desde o GP da Alemanha de 2003, com Juan Pablo Montoya e Ralf Schumacher.

Acompanhe as emoções do GP da Áustria a partir das 8h35 deste domingo (horário de Brasília) ao vivo na TV Globo. Na corrida, válida pela oitava etapa da temporada 2014, Felipe Massa terá o desafio de conter as velozes Mercedes e o companheiro Bottas para fazer o “Tema da Vitória” tocar novamente. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Felipe Massa é pole position no remodelado circuito de Spielberg, palco do GP da Áustria (Foto: Agência EFE)

No belo circuito de Spielberg, remodelado pela RBR, nova dona do autódromo, a equipe austríaca não passou de coadjuvante neste sábado. Após a surpreendente vitória em Montreal, Daniel Ricciardo, pelo menos, fez o quinto tempo. Já o tetracampeão Sebastian Vettel, mais uma vez, decepcionou: foi eliminado no Q2 e largará em 12º, já que Sergio Pérez precisa pagar a punição de cinco posições no grid em razão do acidente com Massa na corrida passada.

Carinho da família e abraço de Alonso

O resultado de Massa, claro, mereceu muita comemoração. “Fantástico”, celebrou o piloto com o time pelo rádio. Assim que o cronômetro zerou, a esposa Raffaela e o filho Felipinho – de quatro anos, que nunca tinha visto o pai ser pole – correram em direção aos boxes da Williams para abraçar o herói do dia. Antes, na pesagem obrigatória, Massa ainda ganhou um abraço apertado do amigo Fernando Alonso, seu companheiro de Ferrari por quatro anos. Veja a festa no vídeo.

Felipe Massa comemora pole com Raffaela e o filho Felipinho na Áustria (Foto: Getty Images)


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: