Mais R$ 220 milhões para a Segurança

PEDRO VENTURA

Mais R$ 220 milhões para a Segurança
Secretaria de Segurança anunciou nesta segunda-feira o investimento na modernização do sistema que atende a população e no monitoramento das regiões

Agência Brasília
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) anunciou na manhã desta segunda-feira um investimento de R$ 220 milhões na Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade). Parte do recurso será aplicado na modernização do sistema de tecnologia, na criação de um novo centro de computação, na instalação de mais mil câmeras de segurança no DF e no desenvolvimento do sistema de rádio digital.

A renovação do sistema de tecnologia inclui o reforço do monitoramento com mais dois softwares que rodam em caso de queda das ligações. A medida garantirá que futuras panes sejam minimizadas, como a que ocorreu na madrugada do último sábado (11), devido a um curto-circuito que deixou o sistema digital inoperante. De um total de 13 mil ligações, cerca de 4,9 mil foram perdidas. Apesar de o sistema ter levado em torno de 24 horas para ser recuperado, ele não ficou fora do ar e funcionou com base no atendimento analógico.

A expectativa é que todas essas mudanças ocorram até junho do próximo ano, como parte do programa Ação pela Vida – criado para enfrentar a criminalidade no DF por meio da atuação conjunta das forças de segurança. Segundo o subsecretário de Modernização de Tecnologia da SSP, Celso Nenevê, não houve prejuízos para a cidade com curto-circuito. “Atrasou o atendimento de algumas ligações emergências, mas à medida que foram repetidas, todas elas chegaram e foram atendidas”, afirmou Nenevê. “Com a criação de um novo sistema integrado, a sensação de segurança sentida pela população será maior ainda”, ressaltou. Em média, nove ligações por minuto são recebidas nos telefones 190 e 193. A base analógica suporta até 30 atendimentos. Das nove, é esperado que pelo menos uma seja emergencial.

Balanço
 – Devido ao curto-circuito, o balanço semanal feito pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal foi apurado apenas da meia-noite de segunda (6) até às 23h59 de quinta-feira (9). Foram 5 homicídios; 5 tentativas de homicídio; 1 tentativa de latrocínio; e 6 roubos com restrição de liberdade.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: