Mais emoção e vibração no Mané Garrincha no sábado


Mais emoção e vibração no Mané Garrincha no sábado Expectativa de casa cheia para ver Argentina e Bélgica decidirem quem vai à semifinal da Copa; ainda é possível comprar ingressos

BRASÍLIA (3/7/14) – A emoção não para no Mané Garrincha. Depois de receber as seleções de Portugal, Colômbia, Equador, Gana, Camarões, França, Nigéria, Costa do Marfim, Suíça e Brasil, é a vez de Argentina e Bélgica passarem pelo Estádio Nacional de Brasília neste sábado (5). A partida vale pelas quartas de final da Copa do Mundo e promete render mais cenas inesquecíveis protagonizadas pelos atletas e também pelos torcedores.

Será o sexto jogo do Mundial na arena brasiliense, que já recebeu mais de 341 mil espectadores. Uma legião de torcedores dos dois países chegou ao Brasil no início de junho e, desde então, vem agitando as arquibancadas e as ruas das cidades-sede por onde passam as seleções. No que depender dos hermanos, o show nas arquibancadas se repetirá.

“A Argentina é apaixonada por futebol. É a torcida que coloca o time pra frente”, comentou a guia de turismo argentina Gabriela Rearh, 23 anos, que viu o jogo dessa terça-feira (1) entre Argentina e Suíça (em São Paulo) no Fan Fest Brasília, espaço montado no Taguaparque pelo GDF em parceria com a FIFA e a Rede Globo.

A classificação dos times para as quartas de final foi uma boa notícia para quem já tinha comprado ingresso. É o caso do argentino Pedro Miguel, 62 anos, que mora em terras brasileiras há 40 anos. “Comprei as entradas há meses, só para ter o gostinho de participar do Mundial. Agora que vou ver a equipe da Argentina, a empolgação é ainda maior”, disse.

AINDA DÁ TEMPO – Quem ainda não tem ingresso para a partida deste sábado (5) deve continuar tentando. Com a eliminação da Suíça e dos Estados Unidos nas oitavas de final, torcedores dos dois países podem optar pela devolução dos tíquetes, que voltam para o sistema da FIFA e entram em revenda. O site FIFA.com/ingressos e os Centros de Distribuição nas 12 cidades-sede são os únicos meios oficiais para a aquisição das entradas.

Francisco Frantz, 23 anos, passou madrugadas a fio tentando adquirir ingressos para as partidas no Mané Garrincha. A insistência deu resultado: na segunda (30), veio a confirmação da compra. O morador do Lago Norte quer ver a ginga e a habilidade dos hermanos. “É uma oportunidade única de ver de perto a qualidade do trabalho dos argentinos, especialmente do Messi”, explicou, fazendo referência ao atacante tricampeão da Bola de Ouro da FIFA.

Fonte: Agência Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: