Mais de 40 parlamentares já trocaram de partido; veja a lista


Balanço parcial aponta que 44 deputados e um senador mudaram de legenda. Os recém-criados Pros e Solidariedade são os principais destinos. PDT e PSB são os mais afetados. Troca-troca continua até sábado

                            Beto Oliveira/Câmara dos Deputados

O Solidariedade, de Paulinho da Força, espera atrair 35 deputados até sábadoDe olho nas eleições de 2014, os parlamentares aceleram o ritmo do troca-troca partidário. Até o começo desta tarde, 44 deputados e um senador já haviam oficializado a mudança de partido. Outros ainda negociam a filiação a nova legenda a tempo de poder se candidatar a algum cargo na próxima disputa eleitoral. O prazo final para a filiação à nova legenda se esgota neste sábado (5), quando faltará exatamente um ano para a votação.

Balanço parcial feito pelo Congresso em Foco revela que os principais destinos dos parlamentares são os dois últimos partidos reconhecidos pela Justiça eleitoral: o Pros e o Solidariedade (SDD). O primeiro com 19 nomes, e o segundo, com 18. Mas as duas siglas esperam atrair mais gente nas próximas 48 horas: 32 e 35 deputados, respectivamente.

Até o início desta tarde, 18 deputados e um senador (Vicentinho Alves, do Tocantins) haviam se filiado ao Partido Republicano da Ordem Social. Fundado por um ex-vereador de Planaltina de Goiás, a 60 quilômetros de Brasília, o partido ganhou destaque com a filiação de figuras como o governador do Ceará, Cid Gomes, e o seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes – ambos egressos do PSB após se desentenderem com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Pelo menos seis deputados cearenses engrossam a bancada do PROS, que já anunciou apoio ao governo Dilma.

Criador do Solidariedade, o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), diz que sua bancada atuará de maneira “independente” em relação ao Planalto. Assim como o presidente da Força Sindical, outros quatro deputados deixaram o PDT para se filiar ao SDD.

Perdas e ganhos

Os demais deputados recém-filiados distribuem-se por sete partidos já com bancada constituída: o PP recebeu três nomes, o PSDB, o PMDB, o PSB, o PR, o DEM e o PSD ganharam um cada.

No balanço parcial do troca-troca na Câmara, o PDT é o partido com mais baixas no momento. Sete pedetistas partiram para os recém-criados Solidariedade e o PROS. O PSB (6), o PMDB e o PR (5) aparecem na sequência. O PR perdeu, ainda, o senador Vicentinho Alves. Também viram suas bancadas serem reduzidas os seguintes partidos: PSD (4), PSDB (3), DEM (3), PP (3), PPS (3), PTB (1), PRB (1), PRTB (1), PEN (1), PSC (1).


Veja quem já confirmou a mudança de partido:
Deputado UF Origem Destino
Ademir Camilo MG PSD PROS
Alexandre Toledo AL PSDB PSB
Almeida Lima SE PPS PMDB
Antônio Balhmann CE PSB PROS
Ariosto Holanda CE PSB PROS
Armando Vergílio GO PSD SDD
Arthur Oliveira Maia BA PMDB SDD
Augusto Carvalho DF PPS SDD
Augusto Coutinho PE DEM SDD
Aureo RJ PRTB SDD
Benjamin Maranhão PB PMDB SDD
Betinho Rosado RN DEM PP
Cida Borghetti PR PP PROS
Domingos Neto CE PSB PROS
Dudimar Paxiuba PA PSDB PROS
Edson Silva CE PSB PROS
Fernando Francischini PR PEN SDD
Genecias Noronha CE PMDB PROS
Givaldo Carimbão AL PSB PROS
Henrique Oliveira AM PR SDD
Hugo Leal RJ PSC PROS
João Dado SP PDT SDD
Jorge Silva ES PDT PROS
Laércio Oliveira SE PR SDD
Luiz Argôlo BA PP SDD
Luiz Pitiman DF PMDB PSDB
Magda Mofatto GO PTB PR
Major Fábio PB DEM PROS
Manato ES PDT SDD
Marcelo Aguiar SP PSD DEM
Márcio Junqueira RR PP PROS
Marcos Medrado BA PDT SDD
Maurício Trindade BA PR PROS
Paulo Pereira da Silva SP PDT SDD
Raul Lima RR PSD PP
Ronaldo Fonseca DF PR PROS
Salvador Zimbaldi SP PDT PROS
Sebastião Bala Rocha AP PDT SDD
Simplício Araújo MA PPS SDD
Urzeni Rocha RR PSDB PSD
Valtenir Pereira AL PSB PROS
Vicente Arruda CE PR PROS
Vilalba PE PRB PP
Wladimir Costa PA PMDB SDD
Senador UF Origem Destino
Vicentinho Alves TO PR PROS

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/mais-de-40-parlamentares-trocaram-de-partido-veja-a-lista/

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: