Máfia do do Capeta: Vidente que cobrou R$ 380 mil por “serviço espiritual” é presa em Curitiba


Uma cartomante e outras duas pessoas são presas por estelionato e formação de quadrilha. Policiais da Delegacia de Estelionato prenderam ela e outras duas pessoas. Encontros com vítimas foram registrados por câmera escondida da RPC TV.

Uma vidente e outras duas pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (19) em Curitiba, por policiais da Delegacia de Estelionato. Eles são suspeitos de formar uma quadrilha que enganava pessoas ofertando “serviços espirituais”, segundo as investigações. A prisão partiu da denúncia de um casal que chegou a pagar R$ 380 mil para a cartomante, que atendia em uma casa no bairro Batel.

A mulher disse que procurou a vidente no mês de fevereiro, afirmando estar “desesperada” com o comportamento do filho. “Ela disse assim: ‘ele tem namorada?’. Tem. ‘Então peraí, deve ter algum trabalho feito’.”, contou a vítima. Para resolver o problema, a vidente passou a exigir quantias de dinheiro que somaram os R$ 380 mil, segundo a vítima. O marido só soube da situação cinco meses depois, e, desconfiado, procurou a RPC TV.

Com câmeras escondidas, o casal gravou encontros posteriores com a vidente, que dizia incorporar uma entidade chamada “Vó”. Nas filmagens, o casal chega a pedir o dinheiro de volta à vidente, que responde que até poderia devolver parte, mas com o risco de o serviço não ser realizado a contento. “Já tem a resposta de como vai ser a entrega desse dinheiro, vó?”, questiona a mulher. “Não, mizifio, véia não sabe”, foi a resposta.

Com base nas evidências, a polícia prendeu a vidente e o marido na casa onde as consultas eram realizadas, além de um terceiro envolvido. Há ainda mandados de prisão em nome da sogra e do sogro da vidente, que ainda não haviam sido cumpridos até a publicação desta reportagem.

O G1 não conseguiu localizar o advogado de defesa da vidente.

Assista ao vídeo no Portal G1

Fonte: Portal G1



About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: