Lula recomenda ao PT fuja do ‘salto alto’ em SP

No primeiro turno da eleição municipal de São Paulo, Lula inquietou-se com o ritmo lento da ascensão de Fernando Haddad. Chegou a recear que sua ‘cria’ não passasse para a segunda fase. Agora, a preocupação de Lula é inversa. Teme que os índices das pesquisas subam à cabeça do PT, levando o partido a baixar a guarda.

No último Datafolha, Haddad apareceu 17 pontos percentuais à frente de José Serra –49% a 32%. Lula farejou à sua volta o que chama de “clima de já ganhou”. Em privado, apressou-se em recomendar a dirigentes do PT e operadores da campanha que fujam do “salto alto”.

Lula realça o óbvio: pesquisa não é urna. Recorda uma passagem de 1985. Mediam forças pela prefeitura paulistana Fernando Henrique Cardoso e Janio Quadros. Dado como favorito, FHC posou para fotos na poltrona de prefeito às véspera da eleição. Fechadas as contas, Janio prevaleceu.

Embora se declare otimista, Lula pede que sejam redobradas as atenções. Segundo diz, um erro cometido a poucos dias da eleição pode ser fatal. Deseja inclusive que Haddad modere o tom da troca de farpas com Serra. Aconselha o candidato a dirigir-se ao eleitorado, não ao antagonista.

Fonte:http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: