Justiça condena ex-distrital acusado de mandar matar adolescente a 15 anos de prisão


Justiça condena ex-distrital acusado de mandar matar adolescente a 15 anos de prisão

Carlos Pereira Xavier estaria desconfiado de um caso amoroso entre sua esposa e o menor

Do R7

o julgamento do ex-distrital demorou 15 horas, no Tribunal do Júri de SamambaiaReprodução/TV Record

Primeiro parlamentar cassado na Câmara Legislativa do Distrito Federal, o ex-distrital Carlos Pereira Xavier foi condenado, na madrugada desta terça-feira (8), a 15 anos de prisão, inicialmente em regime fechado. O julgamento, no Tribunal do Júri de Samambaia, durou 15 horas. O ex-distrital tem direito de recorrer em liberdade.

Carlos Xavier é acusado de mandar matar, em 2004, o adolescente Ewerton da Rocha Ferreira, de 16 anos, por suspeitar que o menor estava tendo um caso amoroso com sua esposa, Maria Lúcia Xavier.

Segundo a denúncia feita pelo Ministério Público e acatada pela justiça, o ex-deputado distrital teria contratado, pelo valor de R$ 15 mil, o capoeirista Eduardo Gomes da Silva, conhecido como Risadinha, e Leandro Dias Duarte para cometer o crime. Os dois foram condenados em 2007. Também teria participado do crime um menor que, de acordo com a acusação, teria sido o autor do disparo.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público e acatada pela justiça, o adolescente Ewerton Ferreira teria sido baleado com um tiro na testa e outro na nuca quando estava perto de uma parada no Recanto das Emas, quando voltava da escola.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: