Jovem de classe média é preso por tráfico de drogas, no Sudoeste

Por: Estela Monteiro
Jovem de classe média é preso por tráfico de drogas, no Sudoeste Rapaz costumava comprar entorpecentes e repassar por valor mais alto aos amigos

A polícia prendeu em flagrante um jovem acusado de tráfico de drogas. A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira (20) na quadra 300, no Sudoeste, após denúncias de moradores. Marcelo Henrique dos Santos de Souza, 20 anos, portava 12 frascos de lança-perfume.

A polícia o surpreendeu no momento em que ele negociava a droga com outros três rapazes. Os entorpecentes seriam consumidos em uma festa no centro de Brasília neste fim de semana. Com ele, também foram apreendidos 2,6 mil reais. Na delegacia, a polícia encontrou em seus pertences seis comprimidos de ecstasy e uma porção de maconha.

Na tarde desta sexta-feira (21), a polícia encontrou cerca de 143 frascos de lança-perfume, 168 comprimidos de ecstasy e mais um tablete de maconha em uma casa que Marcelo usava para passar os finais de semana com a namorada.

Segundo a delegada Cláudia Alcântara da 3ª Delegacia de Polícia, o rapaz afirmou ser usuário de drogas. “Ele disse que costuma comprar a droga e repassar uma parte aos amigos por um preço maior para conseguir sustentar o vício”, afirmou a delegada. Apesar disto, pela quantidade de droga que foi encontrada posteriormente na casa, ela acredita que o rapaz possa ser considerado um dos maiores traficantes de lança-perfume e ecstasy do DF.

O rapaz é morador do Sudoeste e filho de um casal de empresários bem sucedidos. Ele já tinha uma passagem por receptação de carro roubado, uma por tráfico de drogas e três passagens por porte e uso de entorpecentes. “A primeira passagem dele foi a de receptação. Ele comprou um carro de luxo e estava passeando com ele no Recanto das Emas. Na ocasião, ele tinha acabado de completar 18 anos”, contou a delegada. Segundo ela, na época, os pais foram chamados e se comprometeram a tratá-lo e acompanhá-lo para que ele pudesse ser ressocializado.

Marcelo está preso e responderá por tráfico de drogas. Ele pode pegar de cinco a 15 anos de prisão.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: