Jovem achado após acidente, desejou morrer

Ademar Neto foi resgatado após quatro dias em uma fazenda (foto: Hugo/ Divulgação)

O tratador de cavalos Ademar Inácio Moreira Neto, 21 anos, que ficou quatro dias desaparecido após um acidente na GO-060, próximo a São Luís de Montes Belos, a 153 km de Goiânia, disse à família que pensou que não seria resgatado. O jovem bebeu a própria urina para sobreviver. “A dor era muito intensa e meu filho chegou a pedir a Deus que tirasse a vida dele. Se tivesse ficado mais um dia lá, não aguentaria”, contoua mãe do rapaz, a funcionária pública Mônica Mendes Moura, 38 anos.

Segundo Mônica, o tratador de cavalos perdeu a noção do tempo e não acreditou quando recebeu a informação de que passou quatro dias no pasto de uma fazenda. “Ele desapareceu na última terça-feira, 9, e foi resgatado no último sábado, 9. No entanto, para ele, o drama teria acabado dois dias antes. Meu filho ficou muito confuso”, explicou a mãe

Apesar do jovem estar debilitado e com uma fratura na perna esquerda, a família comemora que ele tenha sido encontrado com vida. “Estamos muito felizes, pois o que aconteceu é um milagre. Ser encontrado vivo depois de tanto tempo, após passar tanta dor, é obra divina mesmo”, afirmou a funcionária pública.

Ademar está internado no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), para onde foi encaminhado no último sábado, 13, mesmo dia em que foi resgatado.Ele passou por cirurgia na perna na madrugada do último domingo, 14. Depois, foi transferido da sala de recuperação para a enfermaria.

“Agora ele está bem, medicado e fora de perigo. Foram feitos curativos, mas só nesta terça-feira, 16, teremos um diagnóstico completo e saberemos quais serão os rumos do tratamento”, disse Mônica. Segundo ela, Ademar ainda está abatido, mas dá sinais de melhora. “Ele está na enfermaria e já brinca com todo mundo. Muitas pessoas ligam a todo momento e nem podemos deixar ele se desgastar muito, pois está no início do processo de recuperação, mas fica todo sorridente após falar com seus amigos”, revelou.

A mãe disse ter perguntado ao filho sobre detalhes do acidente, mas que ele se lembra apenas de ter “cortado” uma Hilux branca e de sentir um forte impacto. “Todos querem saber quem foi o responsável por tudo, mas o Ademar já disse que perdoa quem quer que seja. Só o fato dele estar vivo já é suficiente”, concluiu a funcionária pública.

O acidente: O jovem estava desaparecido desde o último dia 9, quando foi a Fazenda Nova, no noroeste de Goiás, para negociar a troca de um cavalo. Ao padrasto, Ademar contou que, como o negócio não deu certo, decidiu voltar para São Luís de Montes Belos, onde mora com o avó.

O rapaz trafegava pela GO-060 quando uma caminhonete Hilux branca colidiu com a motocicleta onde estava e o jogou para fora da rodovia. Ademar teria tentado subir o barranco, mas não conseguiu por conta da perna quebrada. À noite, para evitar que algum animal pisasse nele, Ademar decidiu se rastejar de volta para o outro lado da cerca, onde havia capim alto. O jovem ainda tentou ligar para os parentes, no entanto, não pega sinal de celular no local.

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros realizaram buscas pelos 57 km de estrada que separam as cidades de Fazenda Nova e São Luís de Montes Belos. Cerca de 70 pessoas voluntárias também ajudaram nos trabalhos. O rapaz foi localizado por um trabalhador de uma fazenda.

Informações do G1

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: