Jogadores do Flamengo chegam a capital e são recebidos por torcedores


Jogadores do Flamengo chegam a capital e são recebidos por torcedores

Time enfrenta o Goiás neste domingo no Mané Garrincha

Lucas Magalhães

Cerca de 60 torcedores compareceram à área de desembarque do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek para acompanhar a chegada do Flamengo que faz neste domingo a estreia no Brasileirão diante do Goiás, no estádio Mané Garrincha.

O zagueiro Chicão comemorou a recepção calorosa da torcida do Flamengo no aeroporto. “A gente já tinha passado por isso ano passado, então sabia como seria hoje. Agora, vamos fazer de tudo para retribuir o carinho do torcedor”, disse o jogador que tem histórico de marcar belos gols diante da equipe goiana.

O técnico Jayme de Almeida definiu o time do Flamengo na estreia. O treinador deverá improvisar Everton na lateral esquerda, já que mais uma vez não poderá contar com André Santos.

Desta vez, porém, o que afasta o lateral da partida não é nenhuma lesão: o jogador terá de cumprir suspensão devido à expulsão na final da Copa do Brasil, no ano passado.

Como André Santos atuou na última partida do Brasileirão de 2013, contra o Cruzeiro – o que levou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva a tirar quatro pontos do Flamengo -, ele ainda precisa cumprir suspensão automática. Recuperado de lesão, o reserva imediato, João Paulo, inicia a partida no banco.

Com a improvisação de Everton na ala, quem ganhará uma chance no meio-campo será o argentino Lucas Mugni.

Sem vencer há quatro jogos, a equipe titular do Goiás deve sofrer alterações, apesar das apostas na permanência dos veteranos Araújo (atacante) e Vitor (lateral-direito), e na inspiração do meia Carlos Alberto, ex-Vasco da Gama.

“Acredito que o Carlos tem muito a contribuir na equipe”, comentou o técnico Ricardo Drubscky. “Estou esperançoso de uma boa estreia no Brasileirão”, disse Carlos Alberto, cuja escalação está ameaçada por causa de suspeita de dengue.

Tudo misturado

Os torcedores do Rubro-Negro se misturaram entre os fãs do Paysandu, que joga a final da Copa Verde contra o Brasília, amanhã, e que chegara minutos antes da delegação carioca. Entre os torcedores do Papão, estava Marco Antônio Vasconcelos, de 23 anos. Ele, que veio de Belém para acompanhar a final, espera que seu time conquiste o título. “Vai ser a primeira vez que vou assistir a um jogo no Mané Garrincha. Espero que nessa primeira vez o Paysandu saia com a vitória e seja campeão”, afirma.


Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: