JÔ: ‘AGRESSÕES FASCISTAS LEMBRAM ÉPOCA DA DITADURA’

images-cms-image-000442069Apresentador da Globo condenou a pichação em frente ao seu prédio “Jô Soares morra” e foi solidário ao escritor Fernando Morais, “vítima desse ódio fascista que repercute nas redes sociais”; “Isso me lembra um pouco dos tempos da ditadura”, afirmou, no programa de ontem

247 – O apresentador Jô Soares começou seu programa ontemcomentando a pichação feita em frente ao seu prédio “Jô Soares Morra”. A frase foi escrita depois de sua entrevista à presidente Dilma Rousseff, quando virou alvo de críticas.

“Aquilo só fez assustar as crianças do meu bairro, deu medo”, disse Jô. O apresentador voltou a brincar sobre a ameaça: “ainda bem que não marcaram a data”.

Ele desmentiu a notícia de que teria reforçado sua segurança depois do ocorrido. “Não posso reforçar uma coisa que não tenho. Eu não ando com segurança”, disse.

Antes de iniciar o quadro “As meninas do Jô”, que debate política, ele também agradeceu a “todas as manifestações de solidariedade” que recebeu, incluindo o escritor e jornalista Fernando Morais, segundo ele, “vítima desse ódio fascista que repercute pelas redes sociais”.

“Isso me lembra um pouco dos tempos da ditadura”, comentou, lembrando da mensagem que escreveram sobre o jornalista no Facebook. “Por que alguém não mata esse cara?”, postou um usuário.

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/186332/J%C3%B4-%E2%80%98agress%C3%B5es-fascistas-lembram-%C3%A9poca-da-ditadura%E2%80%99.htm

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: