Jean Wyllys e o pastor do PSOL

evangélico filiado ao PSOL do Rio de Janeiro está provocando dor de cabeça no staff de Jean Wyllys. Jeferson Barros entrou no partido em abril e pretende se candidatar a deputado federal em 2014.

Wyllys desconfia que o pastor seja um militante infiltrado por Silas Malafaia para impedir a sua eleição. Malafaia e Wyllys já se atacaram em público várias vezes por causa do Projeto de Lei 122, que trata de homofobia.

Em 2010, Wyllys se elegeu porque Chico Alencar teve votação expressiva e o carregou a reboque para o Congresso. Como a situação deve ser semelhante em 2014, Wyllys teme que Barros se eleja em seu lugar.

(Atualização às 19h50: a assessoria de Wyllys entrou em contato para informar que o deputado e seus assessores não conhecem o pastor Jeferson. O Radar mantém a informação publicada)

Por Lauro Jardim

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: