Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL, se entrega à PF

Jacinto Lamas



   O ex-tesoureiro do PL (hoje PR) Jacinto Lamas entregou-se à Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Ele foi condenado a cinco anos por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no julgamento do mensalão.

Como sua pena ficou abaixo de oito anos, ele terá direito a cumpri-la no regime semiaberto –no qual poderá sair, se for autorizado por um juiz, para trabalhar durante o dia, voltando para dormir na cadeia. Ele não havia entrado com nenhum tipo de recurso.

CASA

O ex-tesoureiro do antigo PL, hoje PR, Jacinto Lamas não havia sido encontrado em sua casa quando a PF realizava a operação para o cumprimento dos mandados de prisão do processo do mensalão.

Lamas mora em Brasília. Três agentes bateram em sua porta, mas o condenado não respondeu. Um dos agentes informou que ele não foi considerado foragido. Ele tinha prometido se entregar. (Da Folha de S. Paulo)


Nome: Jacinto de Souza Lamas

Nascimento: 23 de Dezembro de 1957 (55 anos)

Perfil: Foi tesoureiro do PL e trabalhava como assessor de Valdemar Costa Neto (PL-SP) na época do mensalão.

Acusação: Sacou R$ 1 milhão do valerioduto para o PL, segundo a denúncia.

Defesa: Afirma que cumpriu ordens do chefe, o deputado Valdemar Costa Neto, e que não sabia da origem ilegal do dinheiro.

Decisão: Jacinto Lamas foi condenado por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva, e a uma pena de 5 ano em regime semiaberto, mais o pagamento de R$ 240 mil em multas.


Folha de São Paulo 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: