Itália é destaque; Ruta e Bingrong quebram recorde

 ASCOM/SESP

Foto: Luiz Felipe

As piscinas do Complexo Aquático Claudio Coutinho, em Brasília, receberam na tarde desta segunda-feira (02/12), mais disputas da natação pela Gymnasíade 2013. A equipe Italiana foi destaque.

Os atletas italianos conquistaram nove medalhas: quatro medalhas no masculino (duas de ouro, uma de prata e uma de bronze) e cinco no feminino (três de ouro e duas de prata).

A primeira medalha italiana foi conquistada nos 100m borboleta masculino. A Hungria, favorita na prova, levou o ouro com o atleta Szabo Nobert, mas a Itália completou o pódio com a prata e o bronze. No feminino, a Itália também conquistou o ouro; a Inglaterra ficou com a prata e a Turquia, bronze.

Nos 200 metros peito masculino, o primeiro recorde da natação na Gymnasiade 2013 foi para China Taipei. O atleta Bingrong Cai completou a prova em 2’16’’75. A prata também ficou com Taipei e o bronze com a Inglaterra.

A Itália mais uma vez subiu ao lugar mais alto do pódio com Alessandro Bori, nos 50 metros livre. A prata e o bronze ficaram com Inglaterra e Armênia.

Nos 50m feminino, a estrela juvenil da natação, Ruta Meilutyté, bateu o recorde da prova com 25”30 segundos. Esta é a segunda medalha de ouro de Ruta na Gymnasiade 2013.

Nos 400m livres, Itália e Hungria ficaram com ouro, no masculino e feminino, respectivamente, com os atletas Nicolangelo Di Fabio e Kiss Nikolett.

E a prova mais aguardada da competição, o revezamento 4x100m masculino teve a Inglaterra como vencedora. China Taipei ficou com a prata e Turquia com o bronze. No feminino a festa foi italiana; as inglesas levaram prata e as turcas, bronze.

“Estamos muito felizes com a vitória. Conseguimos representar com muito orgulho e eficiência e esquadra italiana”, vibrou a atleta Silvia Guerra, após a medalha no revezamento.

O chefe da delegação italiana, Antonio Passacantando, também era só alegria. A delegação participa da Gymnasíade 2013 em apenas duas modalidades, mas ocupa o terceiro lugar no quadro geral de medalhas.

“O mais importante, acredito, não é só o resultado da competição, mas o envolvimento destes alunos no esporte escolar, a socialização durante a Gymnasíade. Falo como professor de Educação Física e estou muito contente com a representação da natação italiana no evento”, disse Antonio.

Quem prestigiou as provas da natação em Brasília foi a ex-nadadora olímpica Rebeca Gusmão que também disputou Mundiais Escolares em sua carreira. “Este tipo de competição tem grande importância porque descobre novos talentos dentro das escolas e é este exemplo que temos que seguir aqui no Brasil”, destacou.

Nesta terça-feira (03/12), os atletas caem n’água no último dia de disputas da Gymnasíade 2013. As eliminatórias ocorrem pela manhã, a partir das 09h30, e as finais começam às 16h30.

Com informações da CBDE


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: