Invisibilidade Pública


Rogério Cruz (PRB-GO)

Publicado por Redação PRB

É comprovado que a sociedade normalmente enxerga no funcionalismo público, somente o cargo e não as pessoas que estão exercendo a função, mostrando que muitos profissionais braçais, como os garis são normalmente consideramos imperceptíveis, sem nome e até sem caráter.

O nosso intuito, como Secretário Municipal de Gestão de Pessoas é buscar a valorização de todos os servidores públicos. Para mostrar essa necessidade, fui para rua viver um dia de gari e percebi como estes profissionais realizam um trabalho imprescindível para nossa cidade.

Durante a experiência, constatei que o tempo gasto com a coleta obrigatória do lixo natural, como folhas e terra, por exemplo, era menor do que o tempo gasto para recolher a sujeira deixada por terceiros. Na maior parte do tempo precisávamos retirar o lixo que é jogado pelas pessoas, que o fazem sem a menor preocupação de coloca-lo em lixeiras ou em embalagens adequadas.

A experiência nos trouxe uma profunda reflexão, sobre o comportamento das pessoas que transitavam no local, enquanto trabalhávamos, os pedestres demonstravam uma extrema frieza, na verdade, a nossa presença sequer era notada. Senti na pele o que significa invisibilidade pública, condicionada a divisão social do trabalho.

Precisamos mudar essa realidade e levar uma conscientização mais humana para os órgãos públicos, produzindo atitudes positivas voltadas para sustentabilidade, pois o uniforme de gari ainda é sinônimo de invisibilidade, precisando de reconhecimento e valorização por parte da sociedade com um olhar mais humano e atento para essa classe lutadora.

Rogério Cruz é vereador licenciado, atualmente Secretário de Gestão de Pessoas de Goiânia pelo PRB-Goiás


PRB-GO

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: