Hospital do Gama: pediatria só funcionará de sábado a terça-feira


HRG é uma das unidades que mais sofre com aumento da demanda

O déficit na oferta de pediatras no Distrito Federal levou a Secretaria de Saúde (SES-DF) a anunciar medidas emergenciais para atender às demandas da Pediatria do Hospital Regional do Gama (HRG) e do Hospital Regional de Santa Maria (HRS), que apresentam a situação mais delicada. São elas, a concentração de três pediatras por turnos, a contratação temporária de médicos e o reforço de mais leitos para internação. Além disso, a Pediatria do Hospital Regional do Gama funcionará provisoriamente de sábado a terça-feira.

De acordo com a pasta, o objetivo das medidas é reforçar o atendimento nesta época do ano, em que há aumento do fluxo nas emergências pediátricas.

A Secretaria de Saúde argumenta que a carência de especialistas em pediatria é uma preocupação em todo o País. O sinal de alarme já foi dado. Somente no caso específico do HRG, a demanda por atendimento saltou de 3 mil para 6 mil, de março para abril deste ano.

“Além de sofrermos uma pressão extra de atendimento de 40% do Entorno, o clima favorece maior procura no pronto-socorro infantil”, informou o subsecretário de Atenção à Saúde, Roberto Bittencourt.

Essa época do ano, o outono, é marcada pela transição de duas estações com climas extremos, Verão e Inverno, quando há as mais bruscas oscilações de temperatura. Isso acaba reduzindo a defesa imunológica do ser humano, em especial, das crianças. Em consequência disso, se tornam comuns ocorrências, como doenças respiratórias infecciosas, inflamatórias e alérgicas.

Também é nesse período que surgem as chamadas infecções virais, como gripes e resfriados que, se não tratados, podem evoluir para casos mais graves.

Medidas adicionais
Uma das medidas adotadas pela Secretaria de Saúde do DF – com efeito no médio e longo prazos – para tentar suprir a grande elevação da demanda por atendimento médico foi a abertura de processo seletivo para contratatação temporária de 80 pediatras.

Enquanto essa medida não surte efeito, a Secretaria reforçou a equipe do Pronto-Socorro infantil do Hospital Regional do Gama (HRG), que passará a contar com três pediatras por turno, de sábado a terça-feira, em que há a maior procura. Às quartas, quintas e sextas-feiras não haverá atendimento de pediatria na emergência. Os casos mais graves serão encaminhados aos pronto-socorros do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e do Hospital Regional de Taguatinga (HRT). As crianças com menor gravidade serão atendidas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Recanto das Emas.


Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: