Grupo marcha na Estrutural em ato contra exploração infantil no DF

Grupo marcha na Estrutural em ato contra exploração infantil no DF
Eles se reuniram na entrada da região e caminharam até o centro olímpico.
Manifestação reuniu cerca de 300 pessoas.

Do G1 DF

Manifestantes caminharam pelas ruas da Estrutural em direção ao Centro Olímpico da cidade (Foto: Luiza Facchina/G1)

Cerca de 300 pessoas participaram de uma caminhada contra a exploração infantil na Estrutral, noDistrito Federal, na manhã desta sexta-feira (30). De acordo com o conselheiro tutela, Israel Lopes, a caminhada foi organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda do Distrito Federal.

Chefe do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Estrutural, Luciana Leal disse que a região é um local de muita “vulnerabilidade social”. “Era necessário entrar com ações diretas, tratar bastante sobre o tema, pois aqui é um foco de exploração sexual”, afirma.

O tema foi tratado durante todo o mês de maio nas escolas com as crianças e em palestras com os pais. “Com as crianças, fizemos jogos pedagógicos, mas o nosso foco mesmo eram os pais, que participaram de diversas palestras e debates sobre o tema”, afirmou a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social, Fernanda Mendes.
Crianças caminhavam cantando e tocando instrumentos
de percussão (Foto: Luiza Facchina/G1)

Assistente social do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Sônia Matsue disse que os pais devem ficar atentos ao comportamento das crianças. “Os pais têm uma importância fundamental para reconhecer os sinais que a criança transmite”, disse.

“Após identificarmos que a criança sofreu abuso, nós oferecemos apoio social às famílias, conversamos para orientar como a vítima deve ser tratada. Muitas vezes isso acontece porque os próprios pais já passaram por essa situação. Precisamos fortalecer essas vítimas”, afirmou Sônia.
Crianças caminhavam segurando cartazes e lendo as cartilhas sobre o tema (Foto: Luiza Facchina/G1)

Jandira Lamo, mãe de duas crianças e moradora da Estrutural, considerou que os eventos foram muito importantes para esclarecer dúvidas. “A gente sempre sabe que precisa ficar atento às nossas crianças, mas nunca sabe exatamente em quê. Esse mês foi muito importante para sensibilizar e mobilizar todos sobre o tema”, disse Jandira.

A caminhada foi até o Centro Olímpico da Estrutural, onde foi realizado um lanche e atividade cultural com crianças e adolescentes.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: