Grupo idealiza projeto para facilitar vida de mães com uso de bikes

Mães da Estrutural terão à disposição bicicletas para deixar os filhos na escola e irem trabalhar, por exemplo.G

Se é das necessidades que surgem as soluções, na Cidade Estrutural as ideias fervilham em busca de novos planos para melhorar a vida da população. Dentro de um cenário nada fácil, de uma região marcada pela violência, há quem reme contra a maré e lute contra os aspectos negativos. É nesse clima que voluntários, parceiros e coordenadores do projeto Coletivo da Cidade trabalham e, agora, apresentam uma novidade: o uso de bicicletas velhas, doadas, reformadas e, em breve, compartilhadas com mães de crianças atendidas pelo programa. Com elas, essas mulheres deixarão o filho na escola e irão para o serviço. A vontade do grupo é de que, até o fim do mês, algumas mães estejam usando as bicicletas.

Mães como Adriana Alves Veras, 27 anos. A filha, Nicolle Yara, 8, fica no Coletivo na parte da manhã e estuda à tarde. Tanto para uma atividade quanto para a outra, as duas vão a pé. A caminhada, segundo Adriana, é longa. Desempregada, ela espera nos próximos dias conseguir uma vaga de balconista em uma drogaria no centro da cidade. Mas será longe de casa, cerca de cinco quilômetros. “A bicicleta vai ser uma bênção de Deus. São uns 40 minutos andando. É muito longe. E, com uma garupa, levo a Nicolle”, comemorou. Uma reunião será feita nos próximos dias para ajustar como cada mãe utilizará o equipamento.

Ao todo, 26 bicicletas foram doadas. Seis ainda não estão prontas, pois faltam peças. As bikes chegaram ao coletivo graças a uma parceria com a ONG Rodas da Paz, e muitas peças e ferramentas para a desmontagem e reforma dos equipamentos vieram da doação de outras pessoas. No entanto, ainda faltam algumas coisas, principalmente, as ferramentas. Com elas, um dos principais parceiros, o bicicleteiro Johnny Bike, 36 anos, ajusta as “magrelas”. Aperta um parafuso, tira outro, acerta o guidão.

Johnny é também o responsável pelos mutirões de conserto. Faz o serviço para a comunidade e ensina àqueles que querem aprender. “Iniciamos anteriormente uma oficina comunitária, mas acabou não vingando. Agora, que vamos precisar, vamos tentar retomar. Mas precisamos de ajuda”, conta. Entre os itens que estão em falta, tem chaves de fenda e alicate de compressão. “Precisamos de tudo que é usado nesse tipo de serviço”, avisa.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/06/05/interna_cidadesdf,485594/grupo-idealiza-projeto-para-facilitar-vida-de-maes-com-uso-de-bikes.shtml

 

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: