Futuro Campeão de Ginástica Acrobática

13087383_979499612086127_1941654490709435043_nFuturo Campeão de Ginástica Acrobática
Faixa etária: A partir de 6 anos
Centro Olímpico e Paralímpico da Estrutural
5 de maio (quinta-feira), de 8h às 12h e 14h às 18h

Carolina Lobo

O Futuro Campeão, programa que identifica talentos e forma atletas que possam representar o Distrito Federal em competições nacionais e internacionais, abrirá seletivas no final de abril e em maio nos sete Centros Olímpicos e Paralímpicos (COPs) sob gerência pedagógica da Fundação Assis Chateaubriand.

Gratuita, a ação que tem como benefício o investimento sólido na carreira do atleta conta com treinamentos de rendimento no qual são trabalhados valores como disciplina, responsabilidade, pontualidade e controle emocional.

O Futuro Campeão recebe inscrições de atletas de todas as regiões administrativas do Distrito Federal que desejem participar de uma das seis modalidades ofertadas – natação, tênis, vôlei sentado, atletismo, ginástica rítmica e ginástica acrobática –, pois não é direcionado somente aos alunos dos Centros Olímpicos e Paralímpicos e também não é restrito à cidade de residência. As vagas são limitadas e voltadas para pessoas com e sem deficiência.

Todas as modalidades contam com: treinadores especializados, que compõem a equipe pedagógica da Fundação Assis Chateaubriand; infraestrutura adequada para os treinos, inclusive com material esportivo especializado; auxílio-transporte para os atletas e responsáveis; e lanche.

Agnaldo Amorim, técnico do Futuro Campeão de Natação desde 2013, destaca o desenvolvimento disciplinar e psicológico dos futuros campeões: “O retorno que tenho dos pais desses atletas é de que eles melhoraram na escola, dentro de casa, como pessoa, como ser humano. Pois a disciplina para ser um atleta engloba várias situações, e são elas que a gente tenta passar para eles no dia a dia do treino. Eles treinam quatro vezes por semana, então isso é bem massificado junto a eles. Quando eles começam a obter resultados, por si só passam a focar mais neles e em toda essa disciplina”.

Como um dos bons resultados, Agnaldo cita a segunda colocação no campeonato regional, que se assemelha ao estadual de natação pela federação. “No DF não tem outro programa que descobre atletas da natação dentro de uma metodologia que fazemos nos Centros Olímpicos e Paralímpicos de ofertar gratuitamente, com todo material. Há todo um aparato de estrutura para que a criança ou o jovem possa tornar-se realmente um grande atleta”, afirma. O trabalho árduo desenvolvido por atletas do Futuro Campeão de Natação no Centro Olímpico e Paralímpico de Samambaia foi reconhecido no final de 2015 pela Federação de Desportos Aquáticos do Distrito Federal (FDA/DF), que homenageou seis nadadores da equipe pelas conquistas no Festival de Escolas de Natação (FEN).

Segundo Ana Luiza de Albuquerque, gerente didático pedagógico do COP de Sobradinho, há inclusive o reflexo nas famílias dos atletas. “O programa é importantíssimo para o dia a dia do atleta, e não somente para ele, mas para a família. Soma positivamente. É o momento que ele vai estar voltado para o esporte, não vai estar na rua. Um monte de meninos que participa do Futuro Campeão é de local onde há violência e a predominância de tráfico. Então o programa é uma válvula de escape; eles não se envolvem, porque eles ficam lá parte do tempo, têm muitos treinos. A família se sente segura e amparada; tem uma perspectiva de um futuro melhor”, avalia.

Os valores trabalhados em paralelo ao treinamento de rendimento são também abordados pelo técnico do Futuro Campeão de Atletismo, João Sena. “Não existe campeão sem controle emocional e nem mau caráter. Em 36 anos de trabalho eu não conheço nenhum. Todo campeão é disciplinado, não gosta de mentira, falsidade. Mesmo que chegue sem maturidade, ele acaba adquirindo. Nós vamos reeducar para ele ser um atleta, com caráter, responsabilidade, comprometimento”, diz.

Para o técnico do Futuro Campeão de Atletismo desde 2013, vai ser um desafio selecionar os atletas, pois Sobradinho é considerado um dos maiores celeiros da modalidade no Brasil, tendo formado quatro atletas olímpicos, nove campeões sul-americanos e 26 brasileiros, sendo sete do Futuro Campeão. “Não gostamos de ouvir: faz esporte só para inclusão social. Inclusão social não traz medalha. Nós trazemos a medalha e através dessa conquista o menino tem inclusão social. Vamos fazer campeão”, finaliza Sena.

Modalidade adaptada

A treinadora Flávia Lopes, do Futuro Campeão de Vôlei Sentado, explica que a modalidade é direcionada aos atletas que têm alguma deficiência física, como lesão articular no joelho, amputação – tanto membro superior quanto inferior –, paralisia cerebral, problema articular que impeça de fazer alguma modalidade de alto impacto, deformidade física.

Atualmente são cerca de 10 atletas no programa, e a equipe recentemente conquistou o Torneio Mineiro de Vôlei Sentado. “Essa equipe adulta representa Brasília nas competições fora do DF; é como se fosse a seleção de Brasília. Ano passado eles foram campeões da série A do campeonato brasileiro, que é uma superliga”, enfatiza Flávia, relatando que há muita dedicação. A rotina de treinos é três vezes por semana, quatro horas por dia. “Durante os treinos também são trabalhadas a resistência e a força para não lesioná-los. E também é trabalhado muito o psicológico, que é o nosso maior problema”, afirma a treinadora, na função desde 2014.

Seletivas

Para qualquer uma das modalidades, o interessado precisa obrigatoriamente comparecer à seletiva acompanhado dos pais ou responsáveis, caso seja menor de idade, e estar utilizando roupas esportivas. No caso da natação, é necessário o candidato se apresentar com trajes de banho adequados (maiô ou sunga não transparentes), touca e toalha. É recomendado o uso do protetor solar e garrafa de água.

Futuro Campeão de Atletismo
Faixa etária: 10 a 25 anos
Centro Olímpico e Paralímpico de Sobradinho
27 de abril (quarta-feira), de 8h às 12h
30 de abril (sábado), de 9h às 12h

Futuro Campeão de Ginástica Acrobática
Faixa etária: A partir de 6 anos
Centro Olímpico e Paralímpico da Estrutural
5 de maio (quinta-feira), de 8h às 12h e 14h às 18h

http://sites.correioweb.com.br/app/noticia/fac/2016/04/25/noticias-fac-interna,2872/futuro-campeao-em-seis-modalidades-tera-seletivas.shtml

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: