Fundurb libera dinheiro para GDF investir em meio ambiente, cultura e lazer Andre Giusti

O Fundo de Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal, o Fundurb, aprovou a liberação de cerca de R$ 11,5 mi para obras importantes para o meio ambiente e também o lazer e a cultura da população de quatro cidades do DF: Gama, Paranoá, Samambaia e Estrutural.

O Gama vai ganhar o Parque Urbano Vivencial , que será construído em uma área ociosa no centro da cidade. O local, com 52 mil m2, terá quiosques, quadras poliesportivas, campos de futebol, pista de cooper e caminhada e ciclovia. O Fundo, que é administrado pela Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, a Sedhab, vai liberar pouco mais de R$ 3,8 mi. O projeto foi desenvolvido pelos técnicos da Sedhab. “Fizemos um projeto bem simples, que oferece o mínimo de condições para que a população possa usá-lo e que permite a ampliação do espaço”, informou o Secretário Geraldo Magela, que é presidente do Fundurb.

Outra cidade que vai ganhar um parque é o Paranoá. Ele será construído numa área em que, originalmente, a cidade foi instalada. O valor ambiental da região é grande e a população lutou muito para conseguir a instalação de um parque no local, que sempre interessou à especulação imobiliária. Com 42 mil m², o Parque do Paranoá custará pouco mais de R$ 2,1 mi aos cofres públicos e será uma das 22 unidades de conservação mantidas pelo GDF, servindo também como compensação ambiental pela construção do Paranoá Parque, um dos maiores empreendimentos do Programa Habitacional Minha casa, Minha Vida / Morar Bem.

O Fundurb também vai liberar dinheiro para espaços que serão destinados à cultura e a atividades que possibilitarão a convivência entre as pessoas. Samambaia vai ganhar seu Complexo Cultural, que custará pouco mais de R$ 5 mi. Erguido para receber diversas atividades culturais e vários tipos de espetáculos, o Centro servirá para descentralizar a cultura no DF, permitindo que atividades importantes no setor não ocorram apenas no Plano Piloto.

Na Estrutural, o fundo liberou verba para duas obras que vão propiciar convivência produtiva entre os moradores. A primeira é a construção do Centro de Convivência do Idoso e a segunda é a reforma do Galpão de Múltiplas Funções, um espaço que hoje possui apenas as paredes e que quando estiver pronto vai oferecer atividades culturais, esportivas e até oficinas de capacitação não apenas aos jovens, mas também àqueles que chegaram à melhor idade. Para as duas obras, o Fundurb vai liberar cerca de R$ 550 mil.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: