Força-tarefa inicia processo de descontaminação do Lago Paranoá

Foto: Força-tarefa inicia processo de descontaminação do Lago Paranoá      Empresa ligada à Petrobras conduzirá trabalhos, que se estenderão por até 20 dias    BRASÍLIA (21/10/13) - O trabalho de despoluição do Lago Paranoá ganhará reforço, a partir de hoje, com a atuação da Suatrans Cotec, empresa brasileira ligada à Petrobrás que fará a limpeza do espelho d'água –inclusive do fundo e de galerias-, trabalho que deverá ser realizado em até 20 dias, conforme determinação do governador em exercício, Tadeu Filippelli.  O anúncio da força-tarefa foi feito nesta manhã durante reunião de Filippelli com secretários de estado e representantes de órgãos do GDF e da empresa que prestará o serviço de descontaminação da água.  De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Brandão, a poluição do lago ocorreu devido ao vazamento de vapor de água de um equipamento do Hospital Regional da Asa Norte que entrou em contato com restos de óleo que estavam impregnados em aparelhos e tubulações.  Segundo Brandão, os trabalhos de controle e limpeza que se iniciaram na última semana tiveram resultados positivos, e agora serão iniciadas pela empresa contratada as ações de descontaminação.   Brandão acrescentou, ainda, que a partir de hoje também será colocado em prática um "plano B", em que a Novacap e a Caesb atuarão de forma conjunta para construir uma caixa de contenção maior naquela unidade de saúde, "de forma que não tenhamos mais esse tipo de problema".  O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, afirmou que o processo licitatório para a troca das caldeiras do hospital já foi iniciado e deverá ser acelerado para evitar novos acidentes.  "A secretaria já vinha trabalhando no processo de substituição das caldeiras, de modernização, em um processo que passa a utilizar, em vez do óleo, o gás. O Hospital Regional de Santa Maria já funciona com esse modelo e é um exemplo. Dessa forma, eliminamos qualquer possibilidade de contaminação do lago por óleo que sai desses equipamentos", disse Barbosa.  Todas as informações sobre o caso, a partir de hoje, ficam centralizadas na Secretaria de Meio Ambiente.  SOBRE A EMPRESA – Formada por 100% de capital brasileiro, a Suatrans Cotec, que fará a descontaminação do Lago Paranoá, atua desde 1989 e é especializada em atendimento a emergências ambientais.  No DF, ela fará a remoção de resíduos de petróleo que se fixaram no fundo do lago, nas bordas e galerias.  Com vasta experiência, a contratada já atuou em diversas situações de desastres ambientais no Brasil e no exterior.     Fábio Magalhães, da Agência Brasília  (F.M./M.D.)  Foto: Hmenon Oliveira

Empresa ligada à Petrobras conduzirá trabalhos, que se estenderão por até 20 dias

BRASÍLIA (21/10/13) – O trabalho de despoluição do Lago Paranoá ganhará reforço, a partir de hoje, com a atuação da Suatrans Cotec, empresa brasileira ligada à Petrobrás que fará a limpeza do espelho d’água –inclusive do fundo e de galerias-, trabalho que deverá ser realizado em até 20 dias, conforme determinação do governador em exercício, Tadeu Filippelli.

O anúncio da força-tarefa foi feito nesta manhã durante reunião de Filippelli com secretários de estado e representantes de órgãos do GDF e da empresa que prestará o serviço de descontaminação da água.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Brandão, a poluição do lago ocorreu devido ao vazamento de vapor de água de um equipamento do Hospital Regional da Asa Norte que entrou em contato com restos de óleo que estavam impregnados em aparelhos e tubulações.

Segundo Brandão, os trabalhos de controle e limpeza que se iniciaram na última semana tiveram resultados positivos, e agora serão iniciadas pela empresa contratada as ações de descontaminação.

Brandão acrescentou, ainda, que a partir de hoje também será colocado em prática um “plano B”, em que a Novacap e a Caesb atuarão de forma conjunta para construir uma caixa de contenção maior naquela unidade de saúde, “de forma que não tenhamos mais esse tipo de problema”.

O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, afirmou que o processo licitatório para a troca das caldeiras do hospital já foi iniciado e deverá ser acelerado para evitar novos acidentes.

“A secretaria já vinha trabalhando no processo de substituição das caldeiras, de modernização, em um processo que passa a utilizar, em vez do óleo, o gás. O Hospital Regional de Santa Maria já funciona com esse modelo e é um exemplo. Dessa forma, eliminamos qualquer possibilidade de contaminação do lago por óleo que sai desses equipamentos”, disse Barbosa.

Todas as informações sobre o caso, a partir de hoje, ficam centralizadas na Secretaria de Meio Ambiente.

SOBRE A EMPRESA – Formada por 100% de capital brasileiro, a Suatrans Cotec, que fará a descontaminação do Lago Paranoá, atua desde 1989 e é especializada em atendimento a emergências ambientais.

No DF, ela fará a remoção de resíduos de petróleo que se fixaram no fundo do lago, nas bordas e galerias.

Com vasta experiência, a contratada já atuou em diversas situações de desastres ambientais no Brasil e no exterior.

Fábio Magalhães, da Agência Brasília
(F.M./M.D.)

Foto: Hmenon Oliveira

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: