Força Nacional inicia atuação nos presídios do Piauí

Cerca de 50 policias da Força Nacional, dos grupamentos de segurança e tropa de choque, iniciaram, nesta sexta-feira (8), a atuação dentro da Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina. O trabalho efetivo da Força Nacional iniciou, nessa quinta-feira (7), na Casa de Custódia, com cerca de 80 policiais.

def3f3f3f3_media

De acordo com o capitão Marcos Lima, da Diretoria de Inteligência e Proteção Externa (Dipe) da Secretaria da Justiça, a Força Nacional vai auxiliar os agentes penitenciários na segurança interna e externa das unidades prisionais. “Além da contenção, a Força Nacional vai reforçar a segurança e auxiliar os agentes tanto na proteção externa como nas vistorias realizadas nas unidades”, frisa o capitão.

O secretário da Justiça, Daniel Oliveira, explica o planejamento feito pelo Governo para a presença da Força nos presídios do Piauí. “Esse procedimento foi planejado com o secretário da Segurança, Fábio Abreu, e será utilizado sempre que necessário, para auxiliar no trabalho dos agentes e policiais militares e reforçar a segurança nas unidades prisionais”, comenta Oliveira.

A solicitação de emprego da Força Nacional foi feita pela então governadora em exercício, Margarete Coelho, por meio do Ofício Nº 430/GG, de 16 de dezembro de 2015. As equipes atuarão no interior dos presídios por um período de 20 dias, podendo ser prorrogada, a contar da data da publicação da Portaria Nº 2.202, de 29 de dezembro de 2015.

About Willams Rocha

%d blogueiros gostam disto: