Foi muito complicado’, revela Isis Valverde de recuperação


‘Foi muito complicado’, revela Isis Valverde de recuperação
Atriz fala sobre o acidente de carro que sofreu em janeiro passado, no Rio, e sobre a dificuldade do tratamento com o colar que imobiliza o pescoço.

Nesta semana, a repórter Sônia Bridi conversou com Isis Valverde sobre o acidente de carro que a atriz sofreu em janeiro passado, no Rio de Janeiro.

Isis Valverde, que tinha acabado de fazer o maior sucesso com a minissérie “Amores Roubados”, fraturou uma vértebra, e conta agora como está sua recuperação.

O colar que imobiliza o pescoço é o único sinal de que a atriz sofreu um acidente grave.

Fantástico: Dói ainda?
Isis Valverde: Não. No início isso foi muito complicado. Me irritava bastante. É normal, mas a gente vai tentando achar, encontrar fugas para isso.
Fantástico: Tem algum risco de não solidificar completamente?
Isis Valverde: Graças a Deus não. Não tem. A gente chegou no médico e ele falou que eu tive muita sorte. Foi uma fratura muito séria. E eu saí, como disse o Cazuza, ‘eu vi a morte e ela disse: ‘viva’. Eu fui viver’.

O acidente foi no dia 31 de janeiro, a menos de um quilômetro da casa de Isis.

Fantástico: Você lembra do acidente?
Isis Valverde: Não. Imagina o medo? Quando eu abri meu olho e eu estava ali respirando, mexendo o pé, mexendo a mão, a primeira coisa que eu falei foi eu tenho que ligar pra minha mãe. Ai quando eu peguei o telefone eu não falava, só chorava. Ela lá e eu aqui. Eu falei: mãe, calma, eu estou mexendo tudo. E eu na UTI e não podia falar nada.

O carro bateu num barranco e capotou. Segundo Isis, também estava no carro um amigo, e a prima, Mayara, era quem dirigia.

Isis Valverde: Eu falei: ‘Ma, eu estou meio pra dormir, entendeu? A gente está do lado de casa. A gente está bem do ladinho, vai dirigindo’. E ela foi, mas ela não está acostumada com carro hidramático. Então ela pisou e na hora da curva ela não segurou. Ela errou o pedal.

Fantástico: Ela pisou no freio como quem pisa na embreagem?
Isis Valverde: Pisou no freio como quem pisa na embreagem. Na hora da virada. Ai eu não lembro mais.

A polícia que pediu imagens das câmeras de vigilância na área do acidente, ainda não concluiu o inquérito.

Fantástico: Você estava onde? No banco da frente?
Isis Valverde: Estava no banco da frente e de cinto. Ainda bem porque se eu não estivesse de cinto talvez eu não estivesse aqui.

“Acho que foi fundamental que ela tenha usado o cinto de segurança pra evitar que esta fratura pudesse ter sido mais grave”, disse o neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho.

No impacto, a primeira vértebra da cervical foi fraturada.

Doutro Paulo: É uma vertebra que se chama Atlas. E ela tem o formato de um arco. E a fratura foi no arco anterior do atlas. É uma região alta próxima do bulbo que é uma estrutura que controla a respiração e funções vitais do organismo.
Fantástico: Tem algum risco de ela não ficar bem?
Doutor Paulo: O risco é mínimo. Ela precisa usar o colar com disciplina. Porque foi uma fratura bem alinhada, então é uma fratura que tem tudo pra se consolidar espontaneamente desde que ela use o colar e mantenha a imobilização. Se ela ficar mexendo e tirar o colar, a fratura não consolida.

Fantástico: Você usou colar neste seu tratamento nos primeiro 15 dias?
Isis Valverde: Usei.
Fantástico: Sabe porque eu estou perguntando? Porque saíram fotos suas sem o colar nas redes sociais fazendo ioga. E as pessoas dizendo assim: ‘ela não está usando colar’.
Isis Valverde: Não. Fotos antigas. Fotos antigas. Eu posto muita foto antiga minha. Eu não tirei nenhuma vez o colar. Não teve essa história que eu tirei o colar e coloquei de novo.

Fantástico: Você vai ficar quanto tempo ainda?
Isis Valverde: Mais um mês ou mais. Sou atriz e trabalho com meu corpo, né? Com as minhas expressões. Imagina? Isso aqui é uma prisão pra mim.
Fantástico: E na hora do banho? Pra dormir?
Isis Valverde: Na hora do banho eu tiro. Sento em uma cadeira. Eu no início davam banho em mim. Eu precisava de ajuda pra levantar, pra andar em casa, pra tudo. As pessoas tem que viver. Não vai ficar comigo o tempo inteiro. Ficaram comigo até eu conseguir andar sozinha. Eu não andava sozinha. Precisava de alguém me segurando. E eu sou muito independente. Eu falei: ‘não. Eu não preciso de ajuda’. Ai vem a solidão”.
Fantástico: Vem cá. Todo mundo diz que você está namorando o Cauã Reymond e diz que está sentindo solidão?
Isis Valverde: Eu estou sozinha. Eu não estou namorando ninguém. Estou sozinha desde sempre. A gente é amigo.

Isis já foi confirmada como protagonista da novela das 18h que substituirá Meu Pedacinho de Chão, a novela que vem depois de Joia Rara.

Fantástico: Você vai ter que adiar este processo por causa do acidente?
Isis Valverde: Não. Na verdade eu ia fazer um filme. Eu fiquei muito triste porque eu não vou conseguir fazer.
Fantástico: Qual a primeira coisa que você vai querer fazer sem colar que não pode fazer com colar?
Isis Valverde: Então a primeira coisa que eu vou fazer é dar um pulo na piscina e ir pra aula de balé. Jogar a perna pra cima. Saltar. E ter de volta o que ele me deu de volta. Minha vida. Não tem preço.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: