falência da ética

  • Após a decepção com Demóstenes Torres, outro baluarte da ética subiu no telhado. Cotado para o governo do DF em 2014, o deputado José Antonio Reguffe (PDT-DF) (foto) foi funcionário fantasma do Senado, nomeado por ato secreto de Agaciel Maia em 1998, na liderança do PSDB, então ocupada por José Roberto Arruda. … Por outro ato secreto, Reguffe ganhou cargo no gabinete do tio e senador Sérgio Machado. Sobre esse passado nebuloso, Reguffe precisa explicar também como quitou débitos eleitorais sem tirar um centavo do bolso.

    Por Cláudio Dantas Sequeira

    Fonte: Revista IstoÉ- Edição 2229´ – 28/07/2012 

About A Politica e o Poder

One comment

  1. Essa nota é mentirosa! A própria ISTO É já reconheceu o erro na edição da revista desta semana, veja aí:

    CORREÇÃO
    Diferentemente do publicado na coluna Brasil Confidencial (ISTOÉ 2229), o deputado José Antônio Reguffe (PDT/DF) não foi nomeado por ato secreto no Senado e tampouco foi funcionário fantasma. Reguffe efetivamente trabalhou no período de dois anos que passou no Senado e sua nomeação para a liderança do PSDB foi publicada no “Diário do Senado” em 17/12/1998. Revista ISTOÉ – Edição 2230 – 08 AGO/2012 – Pág. 16

%d blogueiros gostam disto: