Executiva do PT afasta deputado Luiz Moura


Executiva do PT afasta deputado Luiz Moura


A Executiva Estadual do PT decidiu afastar, por 60 dias, o deputado estadual do partido Luiz Moura, flagrado pela Polícia Civil em março participando de uma reunião de membros de cooperativas de lotações da capital que contava também com nove homens acusados de integrar o Primeiro Comando da Capital (PCC). A decisão foi tomada em uma reunião na tarde desta segunda-feira, 02.

A informação oficial é que o afastamento ocorre para que Moura possa explicar melhor o encontro. O deputado disse, no plenário da Assembleia, na semana passada, que ele não sabia que parte dos presentes na reunião eram acusados de ligação com a facção criminosa. Diversos familiares de Moura, incluindo o vereador da capital Senival Moura (PT) são ligados a cooperativas de ônibus da capital.

O flagrante ocorreu quando a Polícia Civil investigava a queima de ônibus das empresas da capital. O caso acabou sendo revelado depois de o secretário de Estado da Comunicação, Márcio Aith, revelar no programa “Brasil Urgente”, da Band, que um deputado (não citado) havia sido detido pela polícia. Moura não foi preso. As declarações foram feitas como um contra-ataque do Estado após críticas da Prefeitura sobre a atuação da polícia durante a greve dos motoristas de ônibus, há duas semanas.


Fonte: Agencia Estado

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: