Ex-administrador de Taguatinga está internado em hospital sob escolta Assim que receber alta, Carlos Jales será levado para o presídio

Ex-administrador de Taguatinga está internado em hospital sob escolta Assim que receber alta, Carlos Jales será levado para o presídio

Kelly Almeida

Diego Amorim

Carlos Jales era procurado pela polícia durante toda a quinta-feira

O ex-administrador de Taguatinga Carlos Jales, procurado pela polícia durante toda a quinta-feira (7/11), na Operação Átrio, entrou em contato com os investigadores na manhã desta sexta-feira (8/11). Ele está internado no Hospital Santa Marta, em Taguatinga, desde a madrugada.

Jales, que é diabético e hipertenso, chegou sozinho na unidade alegando dores no coração. Ele apresentava estresse e dor torácica. O ex-administrados está sob escolta policial. Assim que receber alta – ainda hoje – será levado para o presídio.

A operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) investiga a concessão irregular de alvará nas administrações regionais de Águas Claras e Taguatinga.

Os agentes e promotores de Justiça querem saber se os empresários subornavam os gestores das cidades ou se eram os órgãos que extorquiam os empreendedores.

O administrador de Águas Claras, Carlos Sidney de Oliveira, foi preso na manhã desta quinta-feira (7). Os gestores foram autuados por associação criminosa, corrupção ativa e passiva e falsidade ideológica.

O ex-vice governador do DF, Paulo Octávio, também é um dos envolvidos no esquema. O empresário se declarou inocente sobre as acusações de violação de normas urbanísticas e ambientais em construções do DF, e disse desconhecer o motivo da investigação.

Ao todo, 13 mandados de busca e apreensão foram expedidos. Entre os alvos está a casa de Paulo Octávio e dois escritórios do empresário. Entre os empreendimentos irregulares estão um shopping em Taguatinga e centros empresariais na mesma cidade e em Águas Claras.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: