Evangélicos entram pra valer na campanha de Gim Argello!


Evangélicos entram pra valer na campanha de Gim Argello!

Por: Walter Brito
Bispo e deputado Vitor Paulo; senador Gim Argello e pastor Josimar Francisco – Presidente do COPEV-DF

A campanha à reeleição do senador Gim Argello (PTB) está a todo vapor. Gim é candidato na chapa que tem José Roberto Arruda (PR) para governador e Jofran Frejat (PR) para vice. A primeira suplente de Gim é a dona Weslian Roriz, esposa do ex-governador de Brasília Joaquim Roriz. Gim conseguiu também o apoio do G5, ou seja, os partidos: PTC, PT do B, PEN, PHS e PRP. Vale lembrar, que estes partidos pertencem a base do governador Agnelo Queiroz, mas apoiam o senador do PTB para o Senado. Trata-se do voto camarão.

Ontem, dia 07/07, foi a vez do COPEV-DF, se reunir para declarar apoio ao senador Gim Argello. O Conselho de Pastores Evangélicos do DF, foi fundado há 43 anos em Brasília e tem representantes de todo o Distrito Federal, bem como o Entorno. O presidente da Instituição evangélica, é o pastor Josimar Francisco da Silva, eleito em 2006. O pastor Vilarindo da Igreja Batista e o bispo Rodovalho da Sara Nossa Terra, também são membros do COPEV-DF. Na reunião de ontem, realizada com cerca de 300 pastores de diversas denominações, na churrascaria Pampa no Carrefour Sul, o COPEV-DF anunciou por meio de seu presidente, pastor Josimar, em alto e bom som, o apoio à candidatura de Gim para o Senado, Arruda para governador e para deputado federal, o bispo Vitor Paulo (PRB). Vale lembrar, que Vitor Paulo é deputado federal pelo Rio de Janeiro, eleito com 157.580 em 2010. Ele foi também considerado pela revista Veja, o terceiro representante da Câmara Federal, que mais trabalhou no ano de 2012 em favor de um Brasil mais moderno, justo e competitivo. Vitor Paulo já foi deputado distrital e secretário de Estado no governo Joaquim Roriz. O parlamentar carioca, transferiu o seu título eleitoral para Brasília e tentará se eleger novamente para a Câmara Federal, com os votos dos brasilienses. Durante o evento do COPEV-DF, o jornal Diário da Manhã, entrevistou com exclusividade o bispo e deputado federal, Vitor Paulo. Questionado pela reportagem sobre o apoio do COPEV-DF ao seu nome, o deputado afirmou: “Sinto-me honrado de ter o apoio a minha candidatura para deputado federal pelo DF, de uma instituição que foi criada em Brasília há 43 anos. A COPEV-DF tem o respeito do povo brasiliense e de forma especial da comunidade evangélica, o que para mim é motivo de orgulho e muita satisfação”, declarou. O deputado disse também, que pretende continuar o seu trabalho na Câmara em defesa da família: “A família é de fato o maior patrimônio da sociedade. Infelizmente, diversos parlamentares lutam para desintegrar a família tradicional, ou seja, a família formada por homem e mulher; a família que criou os filhos debaixo da poderosa mão de Deus. Os parlamentares aos quais me refiro, não querem permitir o ensino da religião e não querem que a família brasileira tenha conceitos fundamentais como por exemplo, o respeito pelo ser humano. Vou continuar na defesa inconteste da família brasileira, bem como, vou continuar defendendo o trabalho que fiz na Câmara, a favor do aposentado; a favor da mulher brasileira e a favor de forma especial, da criança. Esta, tem sido afrontada e violentada em seus direitos. Isto, eu não admito!”.

Referente ao apoio do COPEV-DF e também o seu apoio, ao senador Gim Argello, o bispo e deputado federal do PRB, afirmou: “O Gim Argello tem feito um trabalho muito expressivo a favor da família brasileira, inclusive na defesa da Igreja. Gim Argello foi o senador que mais trabalhou por Brasília. Aproveito a reportagem para parabenizá-lo pelo trabalho efetivo em prol dos brasilienses, inclusive em prol da comunidade evangélica. Ressalto ainda que, Gim tem apoiado de forma especial os menos favorecidos da capital brasileira. Por isso, eu e o COPEV-DF estamos com o Gim para o Senado”, destacou.

Referente ao apoio para governador, Vitor Paulo disse: “O meu partido tem uma posição, por isso não posso ser injusto com o PRB. Nesse caso, não posso apoiar o Arruda e meu candidato para o governo é o Agnelo Queiroz (PT), pois, se a maioria do PRB decidiu por ele, tenho que respeitar”, finalizou. Como se vê, a campanha no DF está nas ruas e a disputa para o Senado promete ser tão forte quanto a disputa para o governo, pois trata-se apenas de uma vaga. Vale lembrar, que os evangélicos representam 35% dos eleitores de Brasília. O apoio do COPEV-DF ao senador Gim Argello poderá fazer a diferença. Concorrem ao Senado, além de Gim Argello: Geraldo Magela (PT); Antônio Reguffe (PDT); Sandra Quezado (PSDB) e Aldemário (PSOL).


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: