Evandro Garla presta homenagem a Nelson Mandela

Preso político por 27 anos, Nelson Mandela, que morreu na noite da quinta-feira (5) aos 95 anos em Pretória, capital da África do Sul, ajudou a dar início à transformação de um país dividido pelo racismo em uma das ações mais promissoras do século XXI. Ele se tornou um símbolo da luta contra o preconceito racial em um país no qual esta prática era institucionalizada com o Apartheid : regime de segregação racial adotado de 1948 a 1994 pelos sucessivos governos do Partido Nacional na África do Sul, no qual os direitos da grande maioria dos habitantes foram cerceados pelo governo formado pela minoria branca.


O deputado Evandro Garla destacou a importante contribuição que Nelson Mandela deixou para o mundo. “Em 1994, quando foi eleito o presidente negro a comandar a África do Sul, seu governo foi marcado por políticas voltadas para a inclusão dos negros no mercado de trabalho e em um melhor contexto social, rejeitando o histórico segregacionista do País”, destacou o parlamentar.


Para o deputado, Mandela é um exemplo a ser seguido, pois lutou até a morte pela igualdade dos povos. “Mesmo depois de se aposentar, Mandela foi um guerreiro lutou pelo combate à AIDS e à discriminação racial, tudo envolvendo debates para promover a paz entre os povos. Apesar de já ser idoso, ele não parou de procurar soluções para problemas que envolviam toda a humanidade, como a fome, crises de saúde, problemas climáticos ou conflitos e guerras. Mandela foi um exemplo para o mundo e entrou para a história”.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: