ESPORTE Setor O ganha Centro Olímpico para comunidade

É o segundo complexo de lazer de Ceilândia e irá beneficiar 4 mil moradores

DÊNIO SIMÕES

Mais de 4 mil pessoas poderão praticar atividades físicas gratuitamente em 15 modalidades no segundo Centro Olímpico de Ceilândia, inaugurado hoje, no Setor O.

“Nada é mais gratificante do que poder ver os olhinhos das c

rianças brilhando com essa inauguração. Aqui é um local de promoção à saúde, de não violência e que tira as pessoas das drogas. Aqui, vamos revelar talentos e campeões para o esporte e para a vida”, destacou o governador Agnelo Queiroz durante a cerimônia.

O novo Centro Olímpico conta com piscinas, quadras esportivas, ginásio, dentre outros equipamentos que já foram utilizados pela comunidade durante a inauguração.

De acordo com a Secretaria de Esporte, foram disponibilizadas 4,4 mil vagas, mas, por conta da alta procura, outras 430 vagas tiveram que ser abertas para as modalidades de natação e hidroginástica.

Essas vagas extras terão as aulas ministradas sempre aos sábados, e a pasta estuda a possibilidade de expandir a quantidade de participantes em outras práticas esportivas.

Durante a solenidade de inauguração, integrantes da equipe de ginástica acrobática da Secretaria de Esporte fizeram apresentação, o que rendeu aplausos de centenas de pessoas que participaram do evento.

Para o vice governador, Tadeu Filippelli, a implantação de mais uma unidade do Centro Olímpico em Ceilândia é uma forma de estimular o desenvolvimento local e proporcionar mais condições de lazer à população.

”Gostei do que vi aqui, tanto da parte de construção, como humana. Esse local faz com que todos sejam iguais, que disputem no mesmo nível. Isso é bastante saudável”, acrescentou Filippelli.

Com mais essa obra entregue, o DF passa a contar com 11 centros olímpicos, dos quais 10 foram entregues na gestão de Agnelo Queiroz.

Agência Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: