Escândalo na Fifa: Jérôme Valcke é ligado a suposto pagamento de propina, diz jornal

Futebol internacional

Escândalo na Fifa: Jérôme Valcke é ligado a suposto pagamento de propina, diz jornal

Secretário-geral da Fifa teria passado R$ 31,7 milhões à Concacaf

LAVASegundo autoridade norte-americanas, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, teria movimentado US$ 10 milhões (R$ 31,7 milhões) em um caso central de propinas envolvendo a entidade. Com essa denúncia, o dinheiro chega muito mais próximo do próprio presidente Joseph Blatter.

A informação é do jornal estadunidense The New York Times, publicada nesta segunda-feira…

A movimentação aconteceu em 2008 e teve como destino a contra de Jack Warner, então presidente da Concacaf. Este pagamento seria peça chave no caso de compra de votos para que a África do Sul fosse eleita sede da Copa do Mundo de 2010.

Jerome Valcke diz não ter autorizado pegamento ao então presidente da Concacaf.

A matéria também deixa claro que isso não significa que Valcke esteja envolvido em pagamentos de propina. O “braço direito de Joseph Blatter” também não é citado nas acusações reveladas pela Justiça dos EUA na última semana.

Em resposta ao jornal de Nova York, o diretor francês disse que não autorizou o pagamento e nem teria poder para realizá-lo.

O atual presidente da federação sul-africana de futebol, Danny Jordaan, afirma que o dinheiro era destinado um fundo de desenvolvimento da modalidade no Caribe.

Escândalo na Fifa

Operação deflagrada pela Justiça dos Estados Unidos, em colaboração com autoridades suíças, prendeu dirigentes ligados à Fifa na madrugada desta quarta-feira, 27 de maio, desencadeando uma crise sem precedentes na entidade.

Entre os detidos está José Maria Marin, que foi presidente da CBF até abril deste ano; ele e a confederação teriam recebido mais de R$ 63 milhões em propina durante o seu mandato.

Além de Marin, outras figuras de peso no futebol mundial estão sendo investigadas, como Eugenio Figueredo, vice-presidente da Fifa Jeffrey Webb, presidente da federação das Ilhas Cayman e da Concacaf, também está entre os acusados.

Outro acusado, o nicaraguense Julio Rocha é secretário de desenvolvimento da Fifa

Procuradora-geral da Justiça dos Estados Unidos, Loretta Lynch afirmou em entrevista coletiva para mais de 100 jornalistas que esquemas vêm desde a década de 1990.

Fonte: Estadão Conteúdo – 01/06/2015

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: