Erundina é grande ausência na convenção do PSB

A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) foi a grande ausência de seu partido que homologou, neste sábado, a aliança ao PT de Fernando Haddad, na corrida à Prefeitura de São Paulo. Erundina, que deveria participar da convenção do PSB no Recife, também cancelou sua agenda devido a uma gripe. Haddad, que chegou no fim do evento, disse contar com o apoio da deputada para “reunir a tropa”.
O PSB paulistano lançou hoje o nome de 20 candidatos à Câmara Municipal de São Paulo. Dentre eles, o ex-jogador de futebol Marcelinho Carioca e o comerciante Masataka Ota, marido da deputada federal Keiko Ota, pais do garoto Ives, assassinado em 1997 com 8 anos de idade. O partido integra a coligação proporcional com o PT e PP intitulada “Para mudar e renovar São Paulo”. O PCdoB integra apenas a coligação majoritária.

Em seu discurso, Haddad disse que fará da Educação um dos pilares de seu programa de governo e prometeu governar junto com o PSB. “Ou você compartilha responsabilidade ou não se muda nada”, disse o candidato.

Torcedor do São Paulo, Haddad brincou com Marcelinho Carioca ao dizer que “perdeu” seu filho para o Corinthians, depois que levou o jovem para vê-lo jogar, num clássico contra o São Paulo. “Na quarta-feira somos todos corinthianos”, disse o candidato petista referindo-se à última partida da Final da Taça Libertadores em que o time paulista enfrente o argentino Boca Juniors, em São Paulo.

Ao final da convenção do PSB, a candidata a vice na chapa de Haddad, Nádia Campeã, revelou que conversou na sexta-feira com Erundina e que a deputada lhe desejou boa sorte na empreitada. Nádia substitui Erundina, que desistiu após a repercussão da polêmica foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com Paulo Maluf, do PP, e Haddad.

Fonte: Agencia Estado

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: