ENTREVISTA DA SEMANA Vitor Paulo Deputado Federal (PRB-DF)


Publicado por Redação PRB

 

Vitor Paulo, 49 anos, foi considerado o terceiro deputado mais produtivo do Brasil, em 2012, por sua atuação em favor do Brasil. O levantamento feito pela revista Veja apontou o parlamentar como o terceiro representante da Câmara dos Deputados que mais trabalhou por um país mais moderno, justo e competitivo. O republicano superou políticos de peso, em seu primeiro mandato.

Fundador do Partido Republicano Brasileiro (PRB), foi o quarto deputado federal mais votado pelo Estado do Rio de Janeiro com 157.580 votos. Na Câmara Federal, foi líder da sigla no ano de 2011, bem como, presidiu a Comissão de Legislação Participativa – CLP, e vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

Presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso na Câmara Federal, luta pela inclusão dos idosos nas políticas públicas e defende os direitos das pessoas idosas e aposentados, como o Fim do Fator Previdenciário. A redução da jornada de trabalho dos profissionais da enfermagem “30 Horas Já”, a reestruturação salarial dos militares das Forças Armadas e aprovação da PEC 300 também são prioridades do seu mandato. Na Comissão de Constituição e Justiça, como relator do PL 2865/11, conseguiu aprovação do adicional de periculosidade de 30% para trabalhadores em motocicletas, uma grande conquista para a categoria.

Vitor Paulo é um veterano na politica brasileira. Em Brasília, assumiu a Secretaria de Meio ambiente e Recursos Hídricos do governo do Distrito Federal, em 2002. Esse ano, o parlamentar concorrerá a uma vaga de deputado federal por Brasília e promete surpreender.

Confira a entrevista, abaixo, e saiba porque o deputado Vitor Paulo vem ganhando a simpatia dos brasilienses e se consolidando como um dos candidatos mais qualificados para representar o DF.

1- Como o senhor avalia seu primeiro mandato?

V.P. – Fui eleito para bem representar o povo brasileiro, e tenho feito isso com muito afinco e dedicação. Considero que um bom mandato só é possível quando realizado com a participação daqueles que confiaram o seu voto. Então, procuro sempre estar próximo das pessoas e ouvi-las.

2- Quais os assuntos que nortearam seu mandato na Câmara Federal?

V.P. – Os idosos e aposentados são minha principal bandeira de luta. Apresentei vários projetos voltados ao segmento, a exemplo, do requerimento em que solicito que o projeto que extingue o fator previdenciário seja votado, em caráter de urgência, pelo Plenário. A valorização das pessoas idosas também tem sido prioridade. Vemos que a violência contra essas pessoas tem crescido assustadoramente e isso, é inaceitável.

3- A que o senhor atribui o crescimento da população idosa?

V.P. – O avanço na medicina e o aumento da qualidade de vida refletem diretamente na expectativa de vida. O envelhecimento da população é uma tendência mundial. Até 2050, o planeta terá mais de 2 bilhões de idosos. O Brasil será a sexta nação com o maior número de idosos até 2025. Isso é excelente, mas traz consigo muitos desafios.

4- O governo está preparado para essa realidade?

V.P. – O governo federal tem várias propostas voltadas para o segmento. O Estatuto do Idoso, que completou recentemente 10 anos, é um grande avanço. No entanto, estima-se que 80% dele, ainda, não é colocado em prática. Isso é lamentável. Muito ainda há que ser feito. O governo precisa investir em mais saúde para essas pessoas, pois é nessa etapa da vida que elas ficam mais suscetíveis e necessitam de maiores cuidados. A reserva de um percentual nos imóveis populares também é um progresso. Não apenas o governo, mas todos nós temos que estar preparados para enfrentar essa realidade.

5- O senhor apresentou algum projeto em benefício dessa parcela da população?

V.P. – Como presidente da Frente da Parlamentar em Apoio ao Idoso, tenho acompanhado de perto as demandas e anseios dos idosos. Apresentei inúmeros projetos, a exemplo, da valorização dos idosos no currículo das escolas; o fim do fator previdenciário; projeto que garante renda para idosos; a criação de espaços exclusivos para os idosos abandonados nas ruas e centros de convivência para idosos. Além disso, vamos lutar para implantar a primeira Delegacia especializada do idoso no DF. Acredito, que assim, vamos contribuir para a efetivação de seus direitos.

6- O senhor também tem se destacado em ações favoráveis aos militares das Forças Armadas. Há alguma proposta em beneficio dessa categoria?

V.P. – Sou membro da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados. Um dos objetivos dessa comissão é avaliar projetos de Defesa Nacional, que naturalmente, tem ligação direta com as Forças Armadas do Brasil. Fui militar do Exército Brasileiro e sei das necessidades dessa categoria. Vamos lutar por um plano de carreira e reestruturação salarial desses profisisonais e por um orçamento amplo, para que novos investimentos sejam concretizados. Isso é importante para a valorização dos militares e para a Segurança do nosso país.

Trajetória na Capital Federal

7- O senhor foi eleito pelo Rio de Janeiro e agora será candidato a deputado pelo Distrito Federal. O senhor acha que com sua experiência pode contribuir para o desenvolvimento do DF?

V.P. – Eu não sou um desconhecido na cidade. Cheguei em Brasília em 1998 e trabalhei na TV Record como diretor Executivo. Estudei e me especializei pela Universidade de Brasília (UnB). Me sinto cidadão Brasiliense. Em 2002, disputei minha primeira eleição a deputado Distrital pelo PSDB e obtive uma votação expressiva. Fui secretário de Meio ambiente e Recursos hídricos do DF e posso garantir que conheço a realidade desta cidade, que apesar de jovem, desponta como uma das melhores capitais do Brasil.

8- O Partido Republicano Brasileiro tem uma meta audaciosa para as eleições de 2014: dobrar o número de parlamentares na Câmara Federal. A sua candidatura pelo DF é estratégica para o partido?

V.P. – O PRB é um partido novo que vem crescendo e se consolidando em vários estados brasileiros. Aqui no DF, não é diferente. Temos nomes expressivos na sigla que estão desempenhando trabalhos notáveis, a exemplo das secretarias de Esporte e Idoso, sob o comando dos republicanos Júlio Cesar e Ricardo Quirino. Também temos o deputado distrital Evandro Garla, na Câmara Legislativa, que tem atuado em prol da juventude com competência. Brasília é uma cidade de oportunidades, a maioria das pessoas que moram e trabalham aqui, vieram de outros lugares. Me sinto filho desta terra. Quero trabalhar para torná-la ainda melhor e sei que posso contribuir com a minha experiência.

Por assessoria de imprensa – Deputado Vitor Paulo

Texto: Laize Andrade

Foto: Douglas Gomes

Edição: Mônica Donato


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: