Em audiência pública, Sócio da Telexfree diz que o “negócio é lícito”

O diretor-presidente da Telexfree, Carlos Costa, participou de uma audiência conjunta na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira. De acordo com a Agência Câmara, o debate foi proposto por vários deputados, em função da paralisação pela Justiça das atividades de duas das maiores empresas do ramo, a TelexFree e a BBom, a pedido do Ministério Publico.

Durante sua participação, Costa disse que “o nosso negócio é lícito e vamos mostrar que o marketing multinível é legal”. “Vamos provar em poucas palavras, que nosso negócio é legal sim”, completou.

“Nossa companhia comercializa um produto como qualquer outra empresa, mas a diferença é a forma que colocamos isso no mercado. Ou seja, procuramos contar com nossos investidores, conciliados com a satisfação dos nossos consumidores. Os investidores pagam, adquirem e levam ao mercado o produto adquiridos”, afirmou.


Com informações do Terra

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: