Eliana Pedrosa procura o apoio evangélico

Por: Suzano Almeida


Eliana Pedrosa procura o apoio evangélico

Virtual candidata ao Buriti pelo PPS quer companheiro de chapa do PRB e oferece espaço a deputado federa

Ainda em busca de uma composição forte para a disputa do Buriti, a pré-candidata Eliana Pedrosa (PPS) tenta encontrar apoio no segmento evangélico. Partido ligado a Igreja Universal do Reino de Deus e que tem agregado outras igrejas nos últimos anos, o PRB pode ser a opção para compor a aliança com Pedrosa, que confirma o convite, mas ressalta que nada está definido.


“Temos conversado muito com vários partidos, mas não temos nada concreto, no que diz respeito a composição da nossa chapa. O convite foi feito, mas sem avanço, e por isso não colocamos nenhum prazo para definições ainda”, declara Eliana Pedrosa.

Segundo o presidente regional do PRB, Vanderlei Tavares, a ideia de participar de uma composição na chapa do PPS local surgiu em uma reunião da Executiva Nacional do partido, que apontou a legenda como uma boa opção para compor uma coligação ao governo do Rio de Janeiro, onde o candidato será o senador Marcelo Crivella.

Âmbito nacional
Para Tavares, as conversas ainda não avançaram por ser uma decisão que está sendo conversada no âmbito nacional. “Essa conversa ainda está em outro estado, mas para viabilizar a candidatura do senador Crivella, que lidera as pesquisas no Rio, estudaremos a possibilidade”, afirma o presidente regional do PRB.

Após o convite, o nome sugerido para a compor a chapa como vice de Eliana Pedrosa foi do deputado federal Vitor Paulo, eleito pelo Rio de Janeiro, mas que neste pleito disputará a reeleição no Distrito Federal. A opção foi confirmada pelo parlamentar, que afirmou que a decisão de fazer parte da composição é do partido. “Ainda depende do partido. Uma coisa é o convite e outra é o partido aceitar. Assim como recebi o convite para ser vice da deputada Eliana, na chapa dela, fui sondado por outros partidos, para outros cargos e isso vem acontecendo há algum tempo”, confirma.

Mesmo confirmada a hipótese por Vitor Paulo, o presidente Vanderlei Tavares não admite retirá-lo da disputa a deputado federal. Reconhece ainda que não tem outro nome, caso a aliança se confirme.

Sobre uma composição a vice-governador em sua chapa, Eliana Pedrosa diz que, para definir qual será o nome terá que consultar outros partidos que a tem apoiado, como o SDD e o DEM, de Alberto Fraga.

Com a escolha de Geraldo Magela para representar o PT, o PRB espera resolver ainda esta semana se ficará com a chapa do governo.

Saiba mais

Eliana Pedrosa afirma que tem mantido muitas conversas com outros partidos, mas que uma coligação com Alberto Fraga seria “o mundo ideal” para sua eleição.

Para fechar com Eliana e disputar o Senado com o PPS, Alberto Fraga espera uma nova definição do PR, do ex-governador José Roberto Arruda. Hoje, a vaga de senador em sua chapa é de Gim Argello, que deverá concorrer à reeleição.

Essa configuração causa o descontentamento de Fraga, que não abre mão de disputar o Senado.

Ele argumenta que Gim teria desistido ao aceitar o convite para o TCU.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: