Educação Enem 2014


Enem 2014
No primeiro dia, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 393.890 inscrições até as 20h, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O número é inferior ao do ano passado, quando o total do primeiro dia chegou a 472.495. As inscrições vão até o dia 23 de maio e podem ser feitas pela internet.

Neste ano, há algumas novidades. Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social nos dias e locais de realização das provas. Para isso, é preciso fazer o pedido pelo telefone 0800-616161, também até o dia 23. Já para evitar ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva a um desperdício de recursos públicos.O Inep espera ter 8,2 milhões inscritos no exame, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões de 2013. Hoje, o ministro da Educação, Henrique Paim, recomendou que os estudantes não deixem para fazer a inscrição na última hora. No ano passado, foram 2 milhões apenas no último dia.

O Enem é destinado a estudantes que tenham terminado ou estejam concluindo o ensino médio, pessoas com mais de 18 anos que busquem o comprovante de conclusão do ensino médio e aquelas que queiram testar conhecimentos. O exame será realizado nos dias 8 e 9 de novembro. O valor da inscrição é R$ 35. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar até 1,5 salário mínimo são considerados isentos. A taxa deve ser paga até o dia 28 de maio.

A nota do exame é utilizada como critério para acesso ao ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada, que oferece vagas em instituições públicas de educação superior, e do Programa Universidade para Todos.

A participação na prova também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil, participar do Programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica. Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

Para se preparar, o aluno pode acessar o aplicativo Questões Enem, um banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação, que reúne as provas de 2009 a 2013. O acesso é gratuito.

Em Pernambuco, o ENEM foi adotado nas seguintes instituições:

» UFPE – A partir deste ano não terá mais vestibular. Todas as vagas das graduações serão preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), coordenado pelo Ministério da Educação. O Sisu usa as notas do Enem.

» UFRPE – Também não tem vestibular. A Rural aderiu ao Sisu desde o primeiro ano do sistema, em 2010.

» Univasf – Adota o Sisu, com seleção dos novatos a partir das notas do Enem.

» UPE – O vestibular tem duas fases. O Enem é a primeira etapa. A segunda é aplicada pela própria universidade.

» IFPE – As vagas dos cursos superiores da 2ª entrada são preenchidas pelo Sisu.

» IF do Sertão Pernambucano. Também seleciona os alunos por meio do Sisu.

Fonte: Agência Brasil

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: