Domingo tem Portugal jogando pela sobrevivência contra Estados Unidos

Portugal joga sua sobrevivência na Copa (Portugal joga hoje por sua sobrevivência na Copa ao enfrentar os Estados Unidos (Portugal joga hoje por sua sobrevivência na Copa ao enfrentar os Estados Unidos (Siphiwe Sibeko / Reuters)))

Domingo tem Portugal jogando pela sobrevivência contra Estados Unidos
Seleção de Cristiano Ronaldo, o atual melhor do mundo, joga em Manaus.
Dia tem ainda Bélgica x Rússia, às 13h, e Coreia do Sul x Argélia, às 16h.
Do G1, em São Paulo


O craque-galã português Cristiano Ronaldo pode até ter aparecido na Copa do Mundo, mas o mesmo não dá para dizer sobre seu futebol. Em sua única exibição até agora, ele foi ofuscado pelo alemão Thomas Müller, que conduziu a goleada de 4 x 0 sobre Portugal.

Neste domingo (22), Ronaldo tem a chance de reverter a má impressão. Portugal enfrenta os Estados Unidos, às 19h, em Manaus. Como perdeu na primeira rodada, precisa de pontos para tentar avançar às oitavas de final.

O jogo que abre o dia é Bélgica x Rússia, às 13h, no Maracanã. A outra disputa é entre Coreia do Sul e Argélia, no Beira-Rio.

O G1 preparou dicas para quem vai curtir esses jogos no estádio, em bares ou nas ruas. Veja abaixo:

Bélgica x Rússia, às 13h, no Rio
O status de “queridinha” da Bélgica durou só até a estreia na Copa, quando obteve um magro 2 x 1 sobre a Argélia. Em alta entre jornalistas e palpiteiros, a seleção europeia era favorita entre as equipes que jamais ganharam o torneio. Não por acaso. O ataque é (em tese) forte, e a defesa tem bons jogadores, como Daniel Van Buyten, do Bayern de Munique, e Vincent Kompany, do Manchester City. E Adnan Januza, de apenas 19 anos, é candidato a revelação. Contra a Rússia, que na primeira rodada empatou em 1 a 1 com a Coreia do Sul, os belgas têm a chance de recuperar a vocação para grande “surpresa” da Copa do Mundo no Brasil.

Já a Rússia, treinada pelo italiano Fábio Capello, é formada quase unicamente por jogadores que disputam o Campeonato Russo. A base tem seis atletas do CSKA e outros seis do Dínamo de Moscou. O atacante Kerzhakov e o meia Dzagoev são os destaques do país, que vai sediar a Copa de 2018. Nas eliminatórias da Europa, a Rússia ficou na frente de Portugal – e o time de Cristiano Ronaldo teve que buscar a vaga na repescagem.
Vista aérea do Maracanã, que tem Bélgica x Rússia neste domingo (Foto: Ricardo Moraes/Reuters)

O estádio: Depois de ficar fechado por 2 anos e 8 meses para reformas, o mais famoso estádio do Brasil foi reaberto no dia 27 de abril de 2013. Palco de sete partidas da Copa, inclusive a final, em 13 de julho, o Maracanã tem capacidade para receber 78,8 mil torcedores. Após a reformulação, a área construída passou a ser de 124 mil metros quadrados, 2 mil a mais que antes. O custo das obras foi de US$ 1 bilhão.

Bondinho do Pão de Açúcar
(Foto: Erbes Junior/Frame/Estadão Conteúdo)

O que fazer: O jogo está marcado para as 13h, mas é recomendável chegar com pelo menos duas horas de antecedência. Então, quem quiser aproveitar o Rio antes da partida tem de acordar bem cedo. Além dos tradicionais passeios por Copacabana e Ipanema, na Zona Sul, outras dicas menos óbvias são a Prainha, na Barra da Tijuca, frequentada por turistas e ideal para quem quer fugir dos locais mais agitados, e a praia deGrumari, no Recreio, que oferece contato com a natureza.


Outros destinos inevitáveis na cidade são o Pão de Açúcar, que abre às 8h e tem passeio de bondinho, e o Corcovado, que também abre às 8h e oferece vista panorâmica aos pés do Cristo Redentor.
Fifa Fan Fest em Copacabana, no Rio
(Foto: Reprodução/Globonews)

Fifa Fan Fest: A Fifa Fan Fest carioca é realizada na praia de Copabacana. Neste domingo (22), começa às 11h30, com aula de danças brasileiras que duarará uma hora. Das 15h05 às 15h40, entra em cena MC Ludmilla, cantora de funk carioca que era conhecida como MC Beyoncé.

A outra atração do dia é a banda Melanina Carioca, formada pelos atores Marcello Melo (“Em família”), Jonathan Haagensen (o Cabeleira do filme “Cidade de Deus”), Roberta Rodrigues (“A grande família”), Jonathan Azevedo (“Malhação”), Luiz Otávio (“Esquenta”), Roberta Santiago (“BalacoBaco”) e Jefferson Brasil (“Alemão”). Ao lado do músico David dos Santos, eles fazem duas entradas: entre 18h05 e 18h40 e entre 21h05 e 21h45.
Arcos da Lapa, no Centro do Rio
(Foto: João Bandeira de Mello/G1)

Depois do jogo: Para um almoço tardio (o jogo termina às 15h, afinal), o ator e humorista Marcelo Adnet indica o Aprazível, em Santa Teresa: “A vista é ótima”. Já o Aconchego Carioca abre às 17h. Fica num casarão na Praça da Bandeira e tem no bolinho de feijoada sua principal e mais tradicional estrela.

O artista plástico e empresário Bob Nadkarni recomenda o Bar do Peixe, no Centro: “Ótima variedade e qualidade”. Aberto desde as 9h, o estabelecimento é simples e tem peixe frito, camarão ao alho e óleo, polvo ao vinagrete e sardinhas fritas, o carro-chefe.

Quem preferir pode reservar a tarde para passear por outros cartões-postais do Rio. A Pedra da Gávea tem um dos mirantes mais espetaculares da cidade. “Vale a pena subir nas noites de lua cheia, com um saco de dormir para ver o nascer do sol lá do topo”, afirma o ator Sacha Bali.

Para aproveitar a noite carioca, a dica é um passeio pela Lapa, tradicional reduto boêmio do Rio, que fica cheio por turistas à noite. Outro ponto tradicional é o Baixo Gávea. Lá fica o Hipódromo, sugestão da escritora Thalita Rebouças. “Chope gelado, gente bonita, garçons fofos”, garante ela. Trata-se de um dos principais pontos do bairro, na Praça Santos Dumont. A varanda é disputada – é onde fica mais fácil ver e ser visto. Os dias de mais movimento são justamente quinta e domingo.
Coreia do Sul x Argélia, às 16h, em Porto Alegre
Só a vitória interessa, então o jogo deve ser aberto. A Coreia do Sul protagonizou um jogo preguiçoso contra a Rússia na primeira rodada e empatou. E abriu o placar apenas porque contou com ajuda considerável do goleiro adversário, que levou um frango na Arena da Amazônia.

Os argelinos perderam de virada da Bélgica por 2 x 1, então não podem nem pensar em perder da Coreia, caso queiram tentar as oitavas. O time tem como destaque a defesa, comandada pelo zagueiro Liassine Cadamuro. Mas, diante da necessidade de ir para cima, deve contar com a inspiração do atacante Yacine Brahimi, que joga no Granada, da Espanha, e tem o apelido de “Garrincha de Granada”.
O estádio Beira-Rio, que recebe Coreia do Sul x Argélia neste domingo (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)


ou a ser reformado em dezembro de 2010, com a demolição de parte das arquibancadas inferiores. Nesse período, a obra foi interrompida por 270 di
as, até que fossem assinados contratos. A reforma custou R$ 300 milhões, e a capacidade é de 50 mil pessoas. A três meses do início da Copa, por causa de um impasse sobre a construção de estruturas temporárias, chegou-se a cogitar a exclusão do Rio Grande do Sul do evento. O alvará definitivo foi obtido a apenas seis dias do jogo inaugural.

Usina do Gasômetro, em Porto Alegre
(Foto: Reprodução/Fifa TV)

O que fazer: Se o ideal é chegar ao Beira-Rio por volta das 14h (no máximo), dá tempo de conhecer algumas indicações do Guia das Cidades da Copa do G1. A escritora Martha Medeiros, por exemplo, sugere o Brique da Redenção. A feira ao ar livre abre todos os domingos e reúne mais de 100 expositores. O segmento das antiguidades é ideal para colecionadores que procuram peças e objetos raros.

Pela manhã, vale uma visita à Usina do Gasômetro, que abre às 10h aos sábados e domingos. Antiga usina de geração de energia, hoje conta com espaços para exposições de arte, shows e salas de cinema. Do lado de fora, a área verde em frente ao Guaíba é convidativa para uma atividade tipicamente porto-alegrense: tomar chimarrão.

Ali perto fica o Parque Marinha do Brasil, que tem quadras de futebol de salão, tênis, vôlei, basquete, pistas de patinação, skate, atletismo e ciclismo, aparelhos para ginástica, campos de futebol, além de recantos infantis.

Quem quiser uma vista panorâmica da capital do Rio Grande do Sul pode ir para o alto do Morro Santa Tereza, recomendado pelo escritor Fabrício Carpinejar. “O mirante na Zona Sul de Porto Alegre tem uma linda vista da cidade: com o Beira-Rio e o Guaíba de fundo”.

Outra opção é o Parque Moinhos de Vento, que fica aberto 24 horas. Também conhecido como Parcão, fica na área nobre de Porto Alegre. Oferece opções de lazer como quadras de futebol, basquete, tênis, vôlei e aparelhos de ginástica. Há uma biblioteca para o público infantil, localizada dentro de uma réplica de moinho açoriano, que dá nome ao lugar.
Público lota Fifa Fan Fest em Porto Alegre
(Foto: Carla Simon/G1)

Fifa Fan Fest: Montada no Anfiteatro Pôr do Sol, à beira do Rio Guaíba, que é uma atração turística da cidade, a Fan Fest de Porto Alegre tem neste domingo apresentações das bandas Funkalister (às 11h25), Melody (às 12h05), El Dey (às 15h05) e de Renato Borghetti (às 18h05). Veja a 
Os torcedores que estiverem na região podem visitar o “calçadão de Ipanema”, como é conhecida a Avenida Guaíba. O local tornou-se ponto para a prática de exercícios físicos ou para o happy hour, com a crescente abertura de barzinhos e restaurantes às margens do lago. O pôr do sol visto dali coroa os finais de tarde.
Rua João Alfredo, do boêmio bairro Cidade Baixa,
em Porto Alegre (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

Depois do jogo: Para jantar, o cineasta Jorge Furtado (de filmes como “O homem que copiava” e da série “Doce de mãe”) indica a churrascaria Komka. “A melhor churrascaria da cidade. Além das carnes, não perca a polenta frita, a massa feita em casa e o melhor sagu do mundo. O ambiente é familiar, com direito a tevê ligada [sem som!] e criançada, mas a comida é espetacular, e o cardápio de vinhos bastante completo”, descreve.

Para quem quiser experimentar cortes mais exóticos, vale passar pelo Na Brasa Steak, uma das churrascarias mais tradicionais de Porto Alegre. Servem pernil de javali e paleta de cordeiro.

Para aproveitar a noite, Jorge Furtado sugere a Rua João Alfredo, uma das principais e mais movimentadas do boêmio bairro Cidade Baixa. A área tem grande quantidade de bares e casas noturnas, uma ao lado da outra. “O bairro todo é uma atração, com seus bares de calçada e muita gente na rua, várias casas com música brasileira”, comenta o diretor.

A “concorrente” rua Padre Chagas tem proposta parecida: grande quantidade de bares, restaurantes e casas noturnas. Também é chamada de “Calçada da Fama”.

Estados Unidos x Portugal, às 19h, em Manaus
Depois da eliminação da atual campeã do mundo, a Espanha, chegou a vez de o atual melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, lutar pela sobrevivência na Copa. Os portugueses sofreram um inquestionável 4 x 0 da Alemanha na primeira rodada. Ganhou o favorito, mas o placar elástico impressionou.

Já os Estados Unidos fizeram o dever de casa: 2 x 1 em Gana. Chegam mais tranquilos para encarar Ronaldo e cia. E tem um craque no banco – infelizmente, só no banco: quem treina os americanos é o artilheiro alemão Jurgen Klinsmann. Conterrâneo do primeiro algoz de Portugal, deve propor uma disputa cautelosa e tentar segurar a pressão.

Arena da Amazônia, que recebe Estados Unidos x Portugal (Foto: Chico Batata)

O estádio: A Arena da Amazônia tem 44 mil lugares e foi construída a um custo de R$ 669,5 milhões. Fica em uma das avenidas mais movimentadas de Manaus, a Constantino Nery.

Veja como chegar à Arena da Amazônia.
Encontro das Águas em Manaus
(Foto: Reprodução/ TV Amazonas)

O que fazer: A capital amazonense fica no ponto onde os rios Negro e Solimões se encontram para formar o que se conhece como Rio Amazonas.

Confira uma lista de atrações de Manaus noGuia das Cidades da Copa do G1.

Além do famoso Encontro das Águas, fenômeno em que as águas barrentas do Solimões e as escuras do Negro correm por quilômetros sem se misturar, há a opção de tomar banho na praia urbana de Ponta Negrapara se refrescar do calor.

Como o jogo começa às 19h, dá para usar o dia para conhecer ainda o Jardim Botânico Adolpho Ducke, que fica aberto até as 17h. “Fico impressionado com a diversidade de árvores e a qualidade das informações prestadas pelo guia”, indica o professor inglês Philip O’Sullivan, que mora em Manaus.

Outra opção é a Lagoa Azul, também aberta até as 17h. Um lugar conhecido em Presidente Figueiredo por possuir águas azuis totalmente naturais. Não há estrutura de bar e restaurante, mas o turista pode levar seus próprios alimentos. Acesso por um ramal no lado direito da pista na BR-174.

O Mercado Adolpho Lisboa é a indicação do bailarino Marcelo Mourão: “Está lindo e tem uma vista para o nosso maravilhoso Rio Negro”. Inagurado em 1882, o Mercadão é um símbolo da arquitetura do período áureo da economia da borracha. O local passou sete anos sendo restaurado e reabriu em 2013.

Fifa Fan Fest: A Fan Fest de Manaus acontece na Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste da capital. O local tem capacidade para 35 mil pessoas. Neste domingo, o professor Márcio Prata dá uma aula de dança japonesa das 11h05 às 11h35. Depois, das 14h05 às 14h35, entra em cena o grupo Ases do Pagode. Por fim, das 17h05 às 17h40, é a vez da banda Xiado da Xinela. Veja a programação completa da Fan Fest de Manaus.
Praça do Eldorado (Foto: Marcos Dantas/G1)

Depois do Jogo: Após o confronto de Estados Unidos e Portugal, quem busca agito pode ir até a Praça do Eldorado, onde há dezenas de bares que tradicionalmente exibem jogos em telões.

Para quem deseja algo mais tranquilo, como apenas jantar, a pedida é procurar um local de comida amazônica, como o restauranteBanzeiro, especializado em peixes da região.

Previsão do tempo: O dia deve variar entre sol e chuva. Veja a previsão completa.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: