Divórcio mais caro da história vai custar US$ 4,5 bilhões

Divórcio mais caro da história vai custar US$ 4,5 bilhões  Magnata russo, que é um dos 100 homens mais ricos do mundo, entrou em acordo com ex-mulher
Tatiana Nascimento

Dmitry Rybolovlev, 47 anos, é um magnata russo da área de fertilizantes. De acordo com a revista Forbes, está entre os cem homens mais ricos do mundo, na 78º posição. Mas deve sair desta lista em breve. Tudo por causa do divórcio mais caro da história.

Um tribunal de Genebra, na Suíça, determinou que Rybolovlev pague à ex-mulher, Elena, o equivalente a US$ 4,5 bilhões. Foi um pouquinho menos do que os US$ 6 bilhões que ela tinha pedido. Elena também ficou com a custódia da filha do casal, Anna, que hoje tem 13 anos.

O processo do divórcio foi iniciado em 2008. Eles ficaram casados por 21 anos. Rybolovlev, que tambem é dono do time de futebol Mônaco, que disputa a liga francesa, deve recorrer. Mas é provável que perca. Com isso, o russo passará a ser o 147º mais rico do mundo. Ninguém precisa ter pena dele. A foturna de Rybolovlev ficará em US$ 8,8 bilhões.

Até hoje, a marca de divórcio mais caro da história pertencia a Alec Wildenstein, que pagou US$ 2,5 bilhões à ex-mulher, Jocelyn, tarada por cirurgias plásticas (que fizeram o rosto dela ficar parecido com a Fera dele seriado antigo que passava na Globo. Dêem um Google e confiram).


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: