Direção do PPS intervém em diretório local e destitui Eliana Pedrosa



Direção do PPS intervém em diretório local e destitui Eliana Pedrosa A deputada distrital era a presidente da legenda no DF. Ela perdeu o cargo ao tentar ser vice do ex-governador Arruda

A direção nacional do PPS decidiu intervir no diretório estadual do partido no Distrito Federal. A decisão foi tomada nesta terça-feira (1/7), depois que a deputada distrital Eliana Pedrosa se anunciou como candidata à vice-governadora na chapa encabeçada por José Roberto Arruda (PR). Ela chegou a discursar, nessa segunda-feira (30/6), como aliada do ex-governador. Por conta da confusão, Eliana, que era a presidente local do partido, foi destituída do cargo.

O documento é assinado pelo presidente nacional da legenda, Roberto Freire (SP), e desconsidera o acordo firmado entre a executiva regional do PPS e o grupo de Arruda. Com isso, deve ficar efetivado o apoio da sigla ao PSDB, com a indicação de Adão Cândido como vice do candidato tucano ao governo Luiz Pitiman. Adão, aliás, é um dos membros nomeados para a comissão interventora, que também traz os nomes de Claudio Vitorino, Anderson Martins e Tereza Vitale.

A decisão tomada pela cúpula nacional do PPS usa como justificativa uma resolução aprovada pela legenda em fevereiro deste ano, que vetava qualquer tipo de aliança com grupos que integrem a coligação do PT à Presidência da República. Qualquer acordo do tipo, dependeria da aprovação da executiva nacional. O PR nacional, partido de Arruda, anunciou, nessa segunda, que estará com a petista Dilma Rousseff (PT) em sua candidatura de reeleição.


Fonte: Correios Brasiliense 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: