Dilma reage a críticas de Marina e diz que crescimento não é apenas PIB

Presidente monta estratégia de olho nos indecisos e nos eleitores descontentes com a aliança entre a ex-senadora e Eduardo Campos

Júlia Schiaffarino

Dilma anunciou, em Salvador, investimentos no PAC da Mobilidade Urbana: Planalto avalia que foi dada a largada da eleição de 2014

Brasília e Recife – A presidente Dilma Rousseff lançou uma ofensiva contra Marina Silva na tentativa de captar os votos dos eleitores indecisos ou daqueles que desaprovaram a união da ex-senadora com o presidente do PSB, Eduardo Campos. Ambas estão trocando farpas há dois dias, por meio de entrevistas e postagens nas redes sociais. Além disso, Dilma lança amanhã um plano de agroecologia sustentável e vai intensificar as viagens ao Nordeste até o fim de novembro, para abafar o prestígio do governador de Pernambuco na região.

A avaliação do Planalto é que o resultado do Datafolha do último fim de semana – mostrando Dilma Rousseff com 42% das intenções de voto, Aécio Neves (PSDB-MG) com 21% e Eduardo Campos (PSB-PE) com 15% – é o grid de largada da eleição presidencial de 2014. A partir daí, o esforço é para angariar o máximo de eleitores que não se alinharam a nenhuma candidatura até o momento.

Dilma também escolheu Marina como antagonista por reconhecer o estrago que a ex-senadora pode fazer nos planos petistas de reeleição para o Planalto. “As coisas estão bem encaminhadas. Mas é claro que, se houver a crise econômica ou a Marina for a candidata no lugar de Eduardo, as coisas ficam mais difíceis”, admitiu um aliado da presidente.
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2013/10/16/interna_politica,393613/dilma-reage-a-criticas-de-marina-e-diz-que-crescimento-nao-e-apenas-pib.shtml

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: