Dia marcado por protestos contra Copa do Mundo

Dia é marcado por protestos contra a Copa


São Paulo, 25 jan (EFE).- Centenas de cidadãos saíram neste sábado às ruas de várias cidades do país para protestar contra a organização da Copa do MUndo, a primeira de uma série de manifestações convocadas nas redes sociais contra o evento, explicaram os organizadores.

A presença de manifestantes no começo do dia foi muito menor do que o esperado. Ontem, mais de 40 mil pessoas tinham confirmado no Facebook presença nas manifestações, previstas para mais de uma dezena de cidades, enquanto em São Paulo, onde por enquanto está acontecendo o protesto mais movimentado, há pouco mais 1.500 pessoas, constatou a Agência Efe.

Cerca de 150 pessoas se concentraram há poucos minutos em frente ao hotel Copacabana Palace no Rio de Janeiro.

Em Goiânia, um protesto pela manhã reuniu 200 pessoas.

As manifestações, previstas inicialmente para acontecer em 34 cidades, foi promovida por várias organizações sociais para criticar o elevado gasto público para a realização do torneio.

A convocação denunciou, entre outras coisas, o superfaturamento, atribuindo o aumento do orçamento à corrupção nas licitações dos novos estádios que estão sendo erguidos para o Mundial.

‘É absurdo que o Brasil organize uma Copa do Mundo porque há problemas como saúde, educação e habitação. No nordeste as condições são dramáticas’, afirmou a Efe Daivis Souza, que participava do protesto em São Paulo. EFE

ass-msh/cd

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: