DF: Corpo a corpo em feiras, ruas e igreja. Adversários rebatem Rollemberg


DF: Corpo a corpo em feiras, ruas e igreja. Adversários rebatem Rollemberg
Dando sequência às suas campanhas, Luiz Pitiman (PSDB), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Toninho do PSol visitaram feiras em Taguatinga, Gama e Planaltina, respectivamente.

O governador Agnelo Queiroz (PT) reuniu-se com líderes evangélicos em Taguatinga, enquanto o adversário José Roberto Arruda (PR) pediu votos na Estrutural. Perci Marrara (PCO) fez panfletagem em Planaltina…

Adversários rebatem Rollemberg

Candidatos adotaram, no fim de semana, agenda de caminhada nas cidades e repercutiram a entrevista ao Correio em que o concorrente do PSB criticou Arruda e Agnelo. Para Pitiman e Toninho, o senador não pode ser considerado novidade nas eleições.

No primeiro fim de semana após o início da campanha, os candidatos ao Governo do Distrito Federal apostaram as caminhadas em mercados públicos de diversas regiões administrativas e começam a semana com a expectativa de que o debate eleitoral passe a ocupar o centro das atenções da população a partir de agora, com o fim da Copa do Mundo. O que também repercutiu entre os postulantes ao Palácio do Buriti foi a entrevista concedida ao Correio pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB), que se apresenta como a principal alternativa à candidatura do governador Agnelo Queiroz (PT) e do ex-governador José Roberto Arruda (PR). As declarações de Rollemberg foram criticadas pelos adversários do candidato ao GDF.

Arruda e Agnelo não quiseram comentar as declarações do senador. Coube ao presidente do DEM-DF, Alberto Fraga, e ao do PT-DF, Roberto Policarpo, candidatos a deputado federal, rebater as críticas de Rollemberg. “Ele pode tentar, mas não engana a população. Rollemberg não tem histórico de ser um bom gestor nem de cumprir acordos. O que ele quer é aproveitar o momento, mas sequer merece ser considerado uma terceira via”, criticou Fraga, aliado de Arruda. Para ele, o voto dado a Rollemberg divide a esquerda e não altera os planos da coligação encabeçada pelo candidato do PR. “Para mim, ele é tão ineficiente quanto o Agnelo e, nas pesquisas, um só sobe quando o outro desce nas intenções de votos”, disse.

Policarpo diz que a candidatura de Rollemberg atrapalha o crescimento dos partidos de esquerda. “Esse discurso que o PSB prega tanto no DF, com o Rollemberg, quanto nacionalmente, com a campanha de Eduardo Campos, serve mais à direita, pois divide o campo da esquerda. Além disso, Rollemberg se apresenta ao eleitorado de forma gelatinosa, sem conteúdo. Tudo o que ele quer implementar nós já fizemos”, afirmou. Ele também acusou o adversário de se lançar ao governo apenas porque “não tem nada a perder”. “Basta comparar, em todas as áreas, as nossas conquistas para ver que mudamos Brasília. Ele tem que sair do vazio que são suas propostas”, criticou.
Toninho do PSol não poupou também críticas ao cabeça de chapa socialista. Ele lembrou o fato de o PSB, de Rollemberg ter feito parte do governo de Agnelo Queiroz, entre 2010 e 2011, e criticou a formação de sua aliança. “Ele tem que explicar como um partido como o PSB se alia ao PSD de Gilberto Kassab, que é sensivelmente contrário em suas posições às do PSB e PDT”, citou.

Para Toninho, no entanto, a entrevista foi proveitosa. “Ela trouxe muitos elementos sobre o que pensa o candidato e ele está no papel dele de começar a esquentar a sua corrida eleitoral, mas ele não explicou de onde sairão os R$ 30 milhões que ele disse que usará em sua campanha. No país, temos uma cultura de que grandes empresários recebem todas as doações de volta em benefícios e contratos”, alfinetou.

Na primeira eleição ao Palácio do Buriti, o deputado Luiz Pitiman (PSDB) contesta a forma como Rollemberg se apresenta. O tucano acredita que a sua candidatura, na verdade, é que representa a novidade nas eleições. “Quem tem um quarto de século na política não pode se apresentar como o novo, ainda mais aliado a ex-governadores, Rosso e Cristovam. Que novo é esse?”, questiona.

Na entrevista, Rollemberg afirma que a população não quer mais uma volta ao passado, relacionado a Arruda, tampouco manter a situação atual, da gestão de Agnelo Queiorz. “Não há dúvida alguma de que, entre as opções colocadas hoje no cenário político, minha candidatura representa uma nova política”, disse ao Correio. Corpo a corpo em feiras, ruas e igreja.

Corpo a corpo em feiras, ruas e igreja

Dando sequência às suas campanhas, Luiz Pitiman (PSDB), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Toninho do PSol visitaram feiras em Taguatinga, Gama e Planaltina, respectivamente. O governador Agnelo Queiroz (PT) reuniu-se com líderes evangélicos em Taguatinga, enquanto o adversário José Roberto Arruda (PR) pediu votos na Estrutural. Perci Marrara (PCO) fez panfletagem em Planaltina.

Agnelo foi à Catedral da Benção para participar de cerimônia com o patriarca da igreja, Doriel de Oliveira. Chegou com o candidato ao Senado Geraldo Magela (PT) às 11h e aguardou os instantes finais da celebração em sala reservada. No fim do culto, acompanhado de alguns pastores da casa, foi chamado por Doriel ao púlpito e discursou aos fiéis. Parabenizou a comunidade pelos 50 anos de fundação da igreja e destacou os avanços na área da regularização fundiária, especialmente por meio do programa Morar Bem.

Agnelo esteve com candidatos a deputado federal e a distrital. “Fiquei impressionado e cheguei a me emocionar com o carinho e a receptividade da comunidade evangélica”, afirmou Agnelo Queiroz. Mais cedo, às 9h, ele participou de ato no Ministério da Fé, em Taguatinga Norte (QNL), com a presença de cerca de 1.500 fiéis.

José Roberto Arruda (PR) iniciou caminhada às 9h com eleitores da Estrutural. Ele concentrou grande parte da agenda em corpo a corpo com moradores da chácara Santa Luzia, uma das regiões mais pobres da Estrutural, que reúne mais de três mil habitantes. Ouviu de seus apoiadores reclamações contra ameaças de retirada das famílias que ocupam o local, que integra uma Área de Proteção Ambiental (APA) inserida no Parque Nacional de Brasília. “Se eu puder contar com o voto de vocês e for eleito, no meu segundo dia de governo eu vou voltar aqui com todas as máquinas para começar a fazer o saneamento básico e dar a qualidade de vida que vocês merecem”, prometeu.

Toninho do PSol iniciou o domingo na Feira de Planaltina por volta das 9h30 e por lá ficou até as 13h, quando partiu para um almoço na cidade, na casa de correligionários. Na cidade, Toninho também ouviu pedidos de melhorias nas condições para o funcionamento dos espaços. “A atual lógica do comércio de alimentos no DF é restritiva. O sentimento da população é de que é necessário fortalecer as feiras”, comentou. Ele disse que tem recebido apoio pela iniciativa do PSol de contestar a candidatura de Arruda na Justiça.

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB) percorreu o Gama com correligionários, candidatos a deputado federal e distrital. Chegou por volta das 10h à feira do Setor Sul da cidade e, às 11h30, à Feira Permanente do Setor Oeste. Finalizou a caminhada no Shopping Popular às 14h e também não poupou críticas ao governo. “As condições da Feira Permanente mostram o apagão de gestão do GDF. O administrador da associação dos feirantes nos mostrou diversos pedidos de ajuda que ele enviou à Coordenadoria de Cidades para melhorar a rede elétrica do local, que põe em risco a população, mas nada foi feito. Esses espaços devem servir não apenas ao comércio, eles deveriam ser tratados como pontos turísticos, com toda a infraestrutura adequada”, disse.

Já o cabeça de chapa tucano, Luiz Pitiman, visitou a feira da Praça do Bicalho, na região norte de Taguatinga pela manhã. Acompanhado de sua equipe de produção, Pitiman colheu depoimentos que serão usados em sua propaganda no rádio e na televisão. “Temos sentido que a população está cada vez mais disposta a não repetir o passado, mudar o presente e construir um futuro melhor. Todos querem mudanças, um governo que faça como a Alemanha, ou seja, trabalhe com eficiência e com coletividade”, afirmou. Adversários rebatem Rollember.

Fonte: Por ARTHUR PAGANINI, Correio Braziliense – 14/07/2014

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: