Corrida ao buriti disputa equilibrada aponta pesquisa:

Pesquisa do Instituto Dados fechada no fim de semana mostra a disputa equilibrada entre os principais candidatos ao governo do Distrito Federal. O levantamento fez quatro cenários para o Palácio do Buriti. No primeiro, com apenas quatro nomes, aparecem empatados dentro da margem de erro o governador Agnelo Queiroz (PT) e o senador Rodrigo Rollemberg (PSB). O socialista tem 13%, contra 12,5% do petista. Em terceiro fica Toninho do Psol, com 7,2%, e em quarto o deputado Luiz Pitiman (PSDB), 4,2%. Na segunda bateria, o ex-governador Arruda (PR) surge na frente com 16,8%, mas com dianteira pequena. Na cola, aparecem Agnelo e Rollemberg ambos com 11,1%. Completam a lista Toninho (6,5%) e Pitiman 3,6%). No terceiro cenário, Rollemberg lidera com 13,1% e Agnelo tem 11,7%. Os dois empatam levando em consideração a margem de erro. Toninho tem 7,4%, Pitiman, 4,1% e a deputada distrital Eliana Pedrosa (PPS), aparece com 3,1%

Todos contra todos

A quarta bateria traz todos os nomes dos pré-candidatos ao GDF. A sequência apontada pelo levantamento do Instituto Dados tem: Arruda (16,2%), Agnelo (11,6%), Rollemberg (11%), Toninho (6%), Pitiman (3,4%) e Eliana (2,4%).

Espontânea

Na pesquisa espontânea também fica tudo embolado. Arruda lidera com 8,4%, seguido de Agnelo (6,1%), Joaquim Roriz (4,3%), o deputado federal do PDT, José Antônio Reguffe (1,6%), Rollemberg (1,5%). Os outros candidatos tiveram menos de 1%.

Levantamento

O Instituto Dados ouviu 3 mil pessoas entre os dias 26 de abril a 2 de maio em todas as regiões do Distrito Federal. A margem de erro é de 1,8%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) sob o nº 00008/2014.

Datafolha

O Instituto Datafolha vai às ruas entre quarta-feira e quinta-feira desta semana para buscar a intenção de voto para presidente da República. O resultado será divulgado na sexta-feira à noite. É hora de ver se Aécio Neves subiu mesmo e o quanto Dilma caiu.

Direito Eleitoral

Lei da Ficha Limpa, limites da propaganda eleitoral e financiamento de campanhas são alguns dos temas do Congresso de Direito Eleitoral de Brasília – A legislação das urnas em debate, que a Câmara Legislativa realiza hoje e amanhã, com apoio da OAB.

Auditório da CLDF

O evento acontece no auditório da Casa, de 9h30 às 19h20 no primeiro dia e, no segundo, de 8h30 às 19h20. É destinado a estudantes, advogados, promotores, magistrados, consultores políticos, servidores públicos, candidatos, representantes de partidos políticos e público em geral.
FONTE: (Coluna Coletivo Político publicada na edição de 05 de maio de 2014, no Jornal Coletivo)

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: