Com apenas uma nota dez, Império da Tijuca é rebaixada para o Grupo A


Com apenas uma nota dez, Império da Tijuca é rebaixada para o Grupo A

Verde e branco havia subido para o Especial em 2013 e se revoltou com as notas baixas

Do R7

Império da Tijuca levou notas baixas em todos os quesitos de julgamento do Carnaval 2014Marco Antonio Cavalcante/Divulgação/Riotur

Durou pouco a passagem da Império da Tijuca pelo Grupo Especial. A escola, que levou para a avenida o enredo Batuk, ficou durante quase toda a apuração em último lugar.

A agremiação do Morro da Formiga recebeu apenas uma nota dez, que foi no quesito evolução. Em seu desfile de retorno ao Especial, a verde e branco teve as piores notas de fantasia e alegorias e adereços. O fato revoltou os dirigentes da escola, que não aceitaram o fato de terem sido pior avaliados que a Vila Isabel, que levou alas e carros com fantasias inacabadas.

O samba-enredo, que empolgou a arquibancada com o refrão “Vai tremer, o chão vai tremer. É nó na madeira, segura que eu quero ver”, ganhou apenas notas 9,8 e 9,9 dos jurados.

Campeã do Grupo A em 2013, a Império da Tijuca abriu o Especial no domingo (2). O enredo mostrou a força do batuque, que chegou ao Brasil com os negros africanos e se disseminou em festas.

A verde e branca contou com 3.300 componentes, divididos em 31 alas. Com diferentes idades e perfis, as musas da Império encantaram o público. Destaque também para o segundo carro alegórico da escola, que falou sobre a Kizombada, festa típica de Angola.

A terceira alegoria foi batizado de Batuque Místico. A escola também apostou em ritmos novos e ainda relembrou a figura de Chico Science e Nação Zumbi.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: