Com a visita de príncipe Harry, brasilienses sonham com o mesmo destino de Kate Middleton


O representante da família real desembarca em Brasília no dia 23 de junho
Carol Oliveira, do R7

Harry será a principal atração de Brasília no dia 23 de junho e as meninas preparam os sapatinhos de cristalGetty Images

Bruna Zanatta (na primeiria fila, a segunda da direita para a esquerda), a autora do evento, e amigas e amigos confirmaram presença na festa que vai receber Harry como convidado ilustreArquivo pessoal/ Bruna Zanatta

Os príncipes Harry e William foram, por muitos anos, o objeto de amor platônico de dez entre dez meninas pelo mundo. O mais velho se casou com a plebeia Kate Middleton em cerimônia de conto de fadas em 2011, mas o mais novo, Harry, o solteirão do pedaço, estará em Brasília no dia 23 de junho. A chegada do príncipe ao Cerrado é vista como a chance das brasilienses de virar princesa.

Para receber o jovem rapaz de sangue azul, as brasilienses se preparam e confessam os sonhos de adolescência. A estudante Isabella Coelho já sabe o título que irá receber da realeza. — Eu casaria. [Seria) a princesa Isabella.

Na lista dos pretendentes, nem os homens descartam a possibilidade de habitar o luxuoso Palácio de Buckingham. O estudante Filipe Cardoso toparia ser o marido de Harry, mas nada por amor. — Eu casaria porque gosto de dinheiro e de poder.

Ao saber que Sua alteza estaria na capital federal, a advogada Paula Zannata (25) resolveu brincar e criou um evento fake “Príncipe Harry na Play – edição especial”, em uma rede social. Ela e as amigas são assíduas frequentadoras da Play, tradicional festa jovem de Brasília, e desta vez, resolveu anunciar ninguém mais, ninguém menos que príncipe Harry como convidado.

Todo mundo sabe que o caçula do casal real Diana e Charles adora uma balada e para homenageá-lo, a festa, que acontece às sextas-feiras, passou para segunda-feira (23), quando ele desembarca em Brasília para representar a realeza britânica na Copa do Mundo.

A jovem conta que viu que Harry estaria em Brasília, e, com o aval das amigas, trinta minutos depois criou o único evento do Brasil com o convidado mais que ilustre.

— Como está essa moda de criar eventos que não existem, eu comentei com umas amigas, elas acharam engraçado e eu criei. Mais de 170 pessoas confirmaram presença.

Apesar da brincadeira, muita marmanja colocou para fora a admiração adolescente pelo rebento da família real.

— Ele sempre foi meu amor platônico da adolescência, diz uma das candidatas a princesa.

Para a festa real, a indicação da organizadora é o traje de princesa e sapatinhos de cristal. A trilha sonoras dos quatro filmes do Shrek vai embalar a noite. Tudo pronto, agora é desejar sorte.

— Bajulem muito suas fadas madrinhas e vamos nessa, diz Bruna Zanatta.

Além daquelas que participam do evento fake, há as que consideram a chance real de ocupar uma vaga nos aposentos da nobreza. Houve quem se inpirasse no casamento do príncipe William para sonhar com a cerimônia com príncipe Harry. É o caso da estudante Nathalia Roncador.

— O acho tão fofo. Na época do casamento do William, fiquei viajando em todas as matérias.

As candidatas a princesa terão duas oportunidades de encontrar o par perfeito. Em Brasília, Harry visita o Hospital Sarah, hospital de referência em reabilitação. O segundo destino do príncipe é o Estádio Mané Garrincha, onde vai fazer coro na torcida do jogo entre Brasil e Camarões e vai embora para São Paulo no mesmo dia.

É a chance das princesas brasilienses. A última vez que Harry esteve no Brasil foi em 2012 e nem passou por Brasília. Só deu o ar da graça no Rio de Janeiro e só “God Save the Queen” sabe quando ele voltará montado num cavalo branco… ou não.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: