Candidatos à Prefeitura do Rio cumprem agenda neste sábado

Freixo participou de evento sobre liberdade religiosa na Tijuca. Já Crivella conversou esteve em uma feira de franquias no Riocentro

99epsuc6rwutapeylbynwwlg2
PALOMA SAVEDRA

Rio – Em agenda de campanha, Marcelo Crivella (PRB), esteve neste sábado em uma feira de franquias no Riocentro, onde conversou com empresários e voltou a ressaltar a redução da máquina pública. Em evento marcado pela defesa da liberdade religiosa, o candidato Marcelo Freixo (Psol) firmou seu compromisso com o respeito à diversidade de crenças e propôs uma agenda de debates sobre o tema.

O candidato do PRB defendeu o enxugamento da máquina pública e destacou o papel da iniciativa privada para geração de empregos. Disse que vai incentivar pequenos empresários, diminuindo a burocracia para a formalização do negócio próprio através da internet. “A prefeitura tem que fazer suas concessões, mas também, eu diria, as parcerias necessárias para que os cariocas possam empreender”, disse.

Crivella pretende concentrar o trabalho de sua gestão em 15 secretarias. Marcelo Freixo, apontado pelo adversário como quem quer um “estado inchado”, diz que criará Secretaria de Planejamento com concursados, além de cortar cargos em comissão, o que, segundo ele, não vai gerar mais gastos.

Com a presença do teólogo Leonardo Boff, e diversos líderes, entre eles, judeus, evangélicos, umbandistas, católicos e wiccanos, Freixo lembrou ainda os ataques que vêm sofrido, classificando como uma “barbarie”. O encontro para a diversidade religiosa seria realizado no Club Municipal, na Tijuca, mas como o TRE impediu a realização no local, o ato ocorreu na Praça Afonso Pena, no mesmo bairro.

Freixo também comentou a possibilidade de seu adversário não ir ao próximo debate veiculado por emissora de TV, no SBT. “Só ele vai poder responder (o motivo por que desistiu). Mas se o SBT quiser eu vou sozinho. Respondo as perguntas que forem, porque eu tenho muito apreço pela democracia”, disse. A informação veio à tona na manhã deste sábado, mas ainda não foi confirmada pela assessoria de Crivella.

Ao discursarem, diversos líderes chegaram a fazer críticas à “mercantilização da fé” e defenderam o respeito e união entre todos os segmentos religiosos. “Mais do que a tolerância, a gente quer um encontro. A gente tem que buscar o comum, o que a cidade tem de comum. E aí a diversidade se encontra. Defender que as religiões se encontrem e pensem juntas o que é melhor pra cidade do Rio, o que é melhor apra cada bairro, território… É assim que nasce a paz”, disse Freixo.

http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-10-08/candidatos-a-prefeitura-do-rio-cumprem-agenda-neste-sabado.html

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: