CAMPOS MINIMIZA AFAGOS FEITOS POR LYRA A DILMA


Ex-governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB) minimizou os afagos feitos pelo atual governador João Lyra Neto ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff; “É da tradição pernambucana receber bem todos os presidentes. Eu mesmo recebi a presidente Dilma, quando já havia saído da base do governo federal, nos mesmos termos de Lyra”, disse; Lyra não compareceu ao lançamento da pré-candidatura nacional do correligionário, em Brasília, mas encaminhou carta reafirmando seu “apoio e empenho à chapa presidencial”

Pernambuco 247 – Para o ex-governador de Pernambuco e agora oficialmente pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), os afagos feitos pelo correligionário e governador do Estado, João Lyra Neto, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidente Dilma Rousseff (ambos do PT), devem ser encarados como algo natural. “É da tradição pernambucana receber bem todos os presidentes. Eu mesmo recebi a presidente Dilma, quando já havia saído da base do Governo Federal, nos mesmos termos de Lyra”, disse Campos ao término do evento de lançamento da sua pré-candidatura, nesta segunda-feira (14), em Brasília. Lyra não compareceu à cerimônia em Brasília em função da visita de Dilma ao Estado.

Ao longo de toda a programação – pela manhã Dilma participou do lançamento ao mar do petroleiro Dragão do Mar, construído em Suape, e à tarde da inauguração da primeira etapa da Adutora do Pajeú, em Serra Talhada, no Sertão pernambucano– Lyra destacou inúmeras ações desenvolvidas pelos governos Lula e Dilma no Estado e na Região, deixando aberto um canal de diálogo com o Governo Federal e evitando trombar de frente com a presidente Dilma.

O fato de Lyra não ter mencionado o seu nome nenhuma vez ao longo do dia foi minimizado por Campos. “Isso não merece nem comentário. João fez o que todo governador deve fazer. Receber a presidente com educação, sem criar qualquer tipo de constrangimento. Ele é nosso aliado e está alinhado ao nosso projeto e vai mostrando isso cada vez mais ao longo do tempo”, ressaltou o ex-governador.

Campos relembrou, ainda, que Lyra encaminhou uma carta – lida por sua filha, a deputada estadual Raquel Lyra (PSB), durante o ato de lançamento da sua pré-candidatura. Em um dos trechos, Lyra afirmava que “Posso dizer que nosso Estado oferece ao Brasil um grande líder. Transmita a Marina (Silva, candidata à vice na chapa socialista) e aos companheiros meu entusiasmo com o futuro do Brasil. Conte com o meu apoio e empenho à chapa presidencial”, escreveu.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: