Campos e Marina criticam na TV Dilma e situação da Petrobras




Campos e Marina criticam na TV Dilma e situação da Petrobras
Horário eleitoral do PSB foi ao ar na noite desta quinta (27).
Marina disse que há uma trajetória de ‘retrocessos’ em curso.

Do G1, em São Paulo

O horário eleitoral do PSB na TV na noite desta quinta-feira (27) apresentou críticas do governador pernambucano e potencial candidato à Presidência Eduardo Campos e da aliada Marina Silva à gestão da presidente Dilma Rousseff e à situação da Petrobras.

O programa foi gravado como uma conversa entre Campos e Marina. Os dois falaram sobre suas trajetórias e fizeram comentários sobre os mandatos dos ex-presidentes Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. Em uma crítica a Dilma, Marina disse que há uma trajetória de “retrocessos” em curso.

O governador pernambucano também afirmou no programa que a Petrobras teve seu valor de mercado reduzido e sofreu um aumento da dívida após Dilma se eleger presidente. Não houve referências à compra da refinaria em Pasadena (EUA), que pode ser investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Campos também citou a inflação e disse que há a sensação que os preços dos produtos estão mais elevados.

O governador disse que “o povo brasileiro ainda não sabe que nós dois estamos juntos”, em referência à aliança dos dois políticos em outubro do ano passado – Marina se filiou ao PSB após a criação da Rede Sustentabilidade ter sido rejeitada pela Justiça Eleitoral.

Marina falou também de questões ambientais, sobre a preservação de florestas e da utilização de energia solar.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: