Campeões em economia

Por Tiago Monteiro Tavares



Chico Leite (PT), R$ 8.233,02 Foto: Roberval Eduão

Evandro Garla (PRB), R$ 9.688,67 Foto: CLDF


Joe Valle (PDT), R$ 9.735,91

Liliane Roriz (PRTB), R$ 8.802,29 Foto: Roberval Eduão

Wasny de Roure (PT), R$ 5.658,70 Foto: Roberval Eduão

No primeiro mês de trabalho após a volta do recesso parlamentar, a Câmara Legislativa viu o gasto com a verba indenizatória quase dobrar. Os parlamentares que gastaram menos da metade dos R$ 20.042,35 disponíveis a título de indenização por gastos com o mandato e que, portanto, ganham nosso título no mês de fevereiro são: Chico Leite (PT), que gastou R$ 8.233,02; Evandro Garla (PRB), que gastou R$ 9.688,67; Joe Valle (PDT), que gastou R$ 9.735,91; Liliane Roriz (PRTB), que gastou R$ 8.802,29 e Wasny de Roure (PT), que gastou R$ 5.658,70.

Inflação indenizatória

Em fevereiro, os gastos com a verba indenizatória na Câmara Legislativa alcançaram R$ 370.905,72. Os gastos aumentaram em quase todos os itens passíveis de indenização. O maior custo foi referente à “divulgação da atividade parlamentar”, que totalizou R$ 132.725,68. Depois vem o custo com aluguel de veículos, que somou R$ 66.681,16, seguido pelo gasto com combustíveis R$ 59.002,14. Depois vem a indenização com “assessoria/consultoria especializada”, somando R$ 49.181,35 e “assessoria/consultoria jurídica”, totalizando R$ 37.500,00, e, por fim, o custo com aluguel de imóveis, que chega a R$ 25.815,39.



About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: