Campanha de Ratinho ganha adesão de comissionados do governo


Funcionários estariam participando da campanha de candidato do PSC

Apesar da neutralidade anunciada pelo governador Beto Richa (PSDB) no segundo turno em Curitiba, comissionados e servidores do governo do Paraná estão trabalhando na candidatura de Ratinho Junior (PSC) à Prefeitura de Curitiba. Oficialmente, todos afirmam que aderiram à candidatura por Ratinho ter a “melhor proposta” para a cidade.

O grupo de Richa estaria se mobilizando para tentar impedir o projeto do PT no Paraná, que apoia Gustavo Fruet (PDT), líder nas pesquisas. O PT quer lançar a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) ao governo do Estado em 2014. Com a eleição de Fruet, o partido ficaria fortalecido.

O governador sustenta que está neutro e não apoia nenhum dos candidatos, e que ninguém está autorizado a pedir votos em seu nome.

Dois dos seus secretários, porém, além do diretor de habitação do governo, Mounir Chaowiche, e da presidente da Ação Social estadual, Carlise Kwiatkowski, já pedem votos para Ratinho.

Um almoço na terça-feira (23) reuniu cerca de mil apoiadores do candidato, a maioria comissionados do Estado, ligados principalmente à área social.

Kwiatkowski, inclusive, gravou depoimento para o horário eleitoral de Ratinho Junior, convocando “líderes comunitários e presidentes de associações de bairro” a votarem no candidato.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: