Câmara fará audiência para buscar soluções à falta de vagas em cemitérios

A falta de vagas nos cemitérios de Teresina é um problema antigo, e que afeta, sobretudo, as famílias mais humildes que perdem seus entes queridos, embora também cause transtornos a praticamente todas as classes sociais.
Nesta quarta-feira (24), durante pronunciamento na Câmara Municipal, o vereador Paulo Roberto da Iluminação (PTB) relatou casos de famílias que enfrentaram enormes dificuldades para conseguir uma vaga num cemitério público da capital, tendo em vista que praticamente todos estão lotados.

7dbab75c-5890-4fc8-acb3-8393f5a6d4d6
O parlamentar também denunciou que o Plantão Funerário não tem disponibilizado caixões para as famílias de baixa renda que buscam o serviço. “Hoje, em Teresina, quando o pobre perde um ente querido, na realidade ele passa por três sofrimentos. Primeiro o da perda. Depois vem o sofrimento de ir ao plantão funerário e não conseguir o caixão. E, quando consegue arrumar o caixão, depois de horas ou dias, não tem onde enterrar. Recentemente, observamos o caso de uma família que passou dias sem conseguir uma vaga, e só tiveram uma solução depois que denunciaram nas emissoras de TV”, afirma Paulo Roberto.

Durante a sessão, o petebista apresentou aos pares um requerimento para realização de uma audiência pública destinada a tratar sobre o problema com gestores do município e do Estado.

O vereador considera que a Prefeitura de Teresina já deveria ter realizado licitações para a construção de novos cemitérios na cidade, e acusa o Poder Executivo de agir de forma omissa com relação à falta de vagas. Paulo Roberto da Iluminação também cobrou a imediata retomada do fornecimento de caixões às famílias carentes, e sugeriu que sejam disponibilizados dois plantões funerários para a população – um ligado à Prefeitura e outro ao Governo do Estado.

About Willams Rocha

%d blogueiros gostam disto: